Alguns inventos nascem meio que por acaso. Um bom exemplo é a massa de modelar Play-Doh, que surgiu na década de 1930 com outra função. O cientista Noah McVicker era dono de uma fábrica de sabão e produtos de limpeza chamada Kutol Products, fundada em 1912, na cidade de Cincinnati, Estado de Ohio, nos Estados Unidos. Ele desenvolveu uma substância pastosa, tipo uma massa de vidraceiro, que deveria limpar a fuligem do carvão que sujava o papel de parede. É bom lembrar que naquele tempo o aquecimento doméstico era à base de carvão. Depois da Segunda Guerra, quando o aquecimento passou a ser feito com gás natural, óleo e eletricidade, a Kutol entrou em crise.

Quando ela deixou de ser produto de limpeza e virou brinquedo?
Joe McVicker, sobrinho de Noah, entrou na Kutol para salvá-la da falência. Joe e a cunhada, Kay Zufall, professora de uma creche, tiveram a ideia de transformar a massa de limpeza em brinquedo de criança. Kay fez os testes com os alunos e viu que a massa substituiu muito bem a argila – e até sujava menos os pequenos. Também não era tóxica e podia ser reutilizável. Foi assim que Noah e Joe decidiram fundar a Rainbow Crafts Company e a famosa massa de modelar Play-Doh foi lançada em 1956. A Woodward & Lothrop, uma loja de departamentos da capital Washington, D.C., foi a primeira a vender a massinha.

Por que a massinha de modelar Play-Doh tem esse nome?
Noah e Joe queriam que ela tivesse o mesmo nome da empresa, Rainbow [arco-íris]. Mas a professora e o marido, Robert, sugeriram Play-Doh. Por quê? Inicialmente, a massinha era toda branca e lembrava massa de pão. Massa de pão é “dough” em inglês. Dough tem o mesmo som de Doh. Play-Doh, portanto, significa algo como “brincando com a massa”. Note na embalagem que a massa leva farinha de trigo em sua composição. Mas há um aviso de que ela é “para brincar e não para comer”.

Quando ela virou um sucesso de vendas?
Logo vieram as massinhas nas cores vermelha, amarela e azul. As vendas dispararam em 1958, quando a Play-Doh apareceu em anúncios no programa de TV “Captain Kangaroo”, apresentado pelo ator Bob Keeshan, que falava sobre o produto duas vezes por semana em troca de 2% das vendas. A linha de produtos se ramificou em 1960 com o lançamento da Fábrica de Play-Doh. Os McVicker solicitaram a patente do produto em 1956, mas só a receberam em 26 de janeiro de 1965, o mesmo ano em que a Rainbow Crafts foi vendida para a General Mills. A Hasbro comprou a marca em 1991. Quando ainda eram parceiras, ela se chamava Super Massa no Brasil. Hoje a Estrela tem a Massa Estrela e a Hasbro continua com o nome original. Calcula-se que 3 bilhões de potinhos já tenham sido vendidos até hoje. A Play-Doh entrou para o Hall da Fama dos Brinquedos, nos Estados Unidos, em 1998.