1. A intensidade dos terremotos é medida pela Escala Richter. Ela foi inventada pelos sismólogos do Califórnia Institute of Technology Charles Francis Richter e Breno Gutemberg em 1935.
  2. Richter nasceu no dia 26 de abril de 1900, na cidade de Hamilton, em Ohio, Estados Unidos, e morreu em 20 de abril de 1985, em Pasadena, Califórnia.
  3. A escala funciona da seguinte maneira: um pêndulo, com oscilação controlada, é fixado em uma base de concreto que registra tremores em três direções: duas horizontais e uma vertical. A escala vai de zero a nove e os tremores fracos receberam valores próximos de zero. Cada unidade representa dez vezes a magnitude do tremor.
  4. De acordo com a enciclopédia Britânica, nunca um terremoto ultrapassou a intensidade 9, a maior da escala, que não é fixa e pode até registrar terremotos com intensidade negativa, segundo a medida criada por Richter.
  5. A classificação da Escala Richter determina que a diferença entre a energia liberada de um índice para o próximo é de 32 vezes. Ou seja, um terremoto de intensidade 5 tem 32 vezes mais energia que um de intensidade 4.
0Equivale ao choque causado por um homem ao saltar de uma cadeira
1Sentido apenas por instrumentos científicos
2Sentido por algumas pessoas e animais
3Sentido por muitas pessoas
4Sentido por todas as pessoas
5Destrói algumas construções
6Estruturas balançam e paredes começam a cair
7Destrói muitas construções e mata pessoas
8Um desastre
9Não sobra nada