MONTANHAS

1. O cálculo da altitude das montanhas é baseado no nível do mar, que não é rigorosamente idêntico em todo o planeta. Cada país toma como referência um ponto do oceano para representar seu padrão. No Brasil, esse ponto está localizado no litoral de Imbituba, em Santa Catarina. Os norte-americanos usam um trecho do litoral do Canadá, e os ingleses um ponto ao sudoeste da ilha britânica. Desse modo, medições feitas em diferentes regiões podem apresentar desvios de até 100 metros. É debatido ainda se o gelo que se acumula no cume das montanhas deve ser considerado ou não na medição.

2. Entre Samoa e Nova Zelândia localiza-se a maior montanha submarina do mundo, com 8.700 metros.

3. Formado há 30 milhões de anos, o Monte Everest é considerado o pico mais alto do mundo. Por estar localizado entre as placas tectônicas Indiana e Eurasiática, ele cresce 4 milímetros por ano.

4. Localizado no Havaí, o Mauna Kea  tem 10.205 m, dos quais 4.205 m estão acima do nível do mar e 6.000 m abaixo.

5. O pico mais distante do centro da Terra é o Chimborazo, localizado no Equador, com 6.267 metros. – cerca de 2.150m acima do cume do Everest.

As montanhas mais altas do mundo – acima do nível do mar – são:

Montanha

 

Altura (m)

 

País

 

Monte Everest

 

8.848

 

Nepal

 

K-2

 

8.611

 

Nepal

 

Kanchenjunga

 

8.586

 

Nepal

 

Lhotse

 

8.156

 

Nepal

 

Makalu

 

8.485

 

Nepal

 

Lhotse Shar

 

8.383

 

Nepal

 

Cho Oyu

 

8.188

 

Nepal

 

Dhaulagiri

 

8.167

 

Nepal

 

Manaslu

 

8.163

 

Nepal

 

Nanga Parbat

 

8.126

 

Paquistão