Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Mulheres brasileiras nas Olimpíadas

24 de abril de 2019

A primeira mulher brasileira que participou de uma edição das Olimpíadas foi a nadadora Maria Lenk, em Los Angeles, 1932. Com 17 anos na época, ela era a única mulher da delegação, que contava ainda com 66 homens. Mais que a primeira brasileira, Maria Lenk foi a primeira mulher sul-americana a participar dos jogos.

De lá para cá, as brasileiras ganharam 20 medalhas. A primeira medalha de ouro veio no vôlei de praia, com a dupla Jacqueline Silva e Sandra Pires, nas Olimpíadas de Atlanta. Naquela edição, o basquete e o vôlei de quadra femininos também ganharam medalhas.

Nos jogos de Pequim, China, em 2008, a judoca Ketleyn Quadros, da categoria leve, se tornou a primeira brasileira a ganhar uma medalha em um esporte individual, em 11 de agosto. Ela foi bronze, derrotando a espanhola Isabel Fernández, bicampeã olímpica em 2000 e 2004. Doze dias depois, em 23 de agosto, a lutadora de Taekwondo Natália Falavigna repetiu o feito, vencendo o bronze na categoria acima de 67 quilos. Essa também foi a primeira medalha brasileira no esporte.

Em Londres, as mulheres bateram recorde de medalhas. Foram seis, no total. E, pela primeira vez, conquistaram duas medalhas de ouro. Uma foi de Sarah Menezes no judô e a outra ficou por conta do vôlei de quadra.

Confira abaixo todas as medalhas ganhas por mulheres brasileiras nas Olimpíadas.

Atlanta 1996
Vôlei de praia (ouro): Jacqueline Silva e Sandra Pires
Basquete (prata)
Vôlei (bronze)

Sidney 2000
Vôlei de praia (prata): Adriana Behar e Shelda
Basquete (bronze)
Vôlei de praia (bronze): Adriana Samuel e Sandra Pires
Vôlei (bronze)

Atenas 2004
Futebol (prata)
Vôlei de praia (prata): Adriana Behar e Shelda

Pequim 2008
Vôlei (ouro)
Futebol (prata)
Judô leve (bronze): Ketleyn Quadros
Taekwondo +67 kg (bronze): Natália Falavigna
Vela 470 (bronze): Fernanda Oliveira e Isabel Swan

Londres 2012
Judô (ouro): Sarah Menezes
Vôlei (ouro)
Boxe (bronze): Adriana Araújo
Vôlei de praia (bronze): Juliana e Larissa
Judô (bronze): Mayra Aguiar
Pentatlo Moderno(bronze): Yane Marques

Rio 2016
Judô (bronze): Mayra Aguiar
Maratona aquática (bronze): Poliana Okimoto
Vôlei de praia (prata): Ágatha e Bárbara
Vela (ouro): Martine Grael e Kahena Kunze

Leia também:
O difícil começo das mulheres nos Jogos Olímpicos
10 destaques femininos nas Olimpíadas

Conheça os livros:
O Guia dos Curiosos – Jogos Olímpicos
Infográficos Olímpicos

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Mascotes das Olimpíadas de Verão

Mascotes das Olimpíadas de Verão

Waldi Munique, 1972 Amik Montreal, 1976 Misha Moscou, 1980 Sam Los Angeles, 1984 Hodori Seul, 1988 Cobi Barcelona, 1992 Izzy Atlanta, 1996 Syd, Millie e Olly Sydney, 2000 Athena e Phevos Atenas, 2004 Fuwa (Beibe, Jingjing, Huanhuan, Yingying e Nini) Pequim, 2008...

Urso Misha: lágrimas do encerramento

Urso Misha: lágrimas do encerramento

A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Moscou, em 3 de agosto de 1980, será sempre lembrada por uma lágrima. O mosaico humano que formou a figura do urso Misha, mascote dos Jogos, deixou cair lágrimas do olho esquerdo. Era a tristeza de quem vê a maratona...

Quem criou a bandeira dos refugiados?

Quem criou a bandeira dos refugiados?

A ideia da bandeira dos refugiados (The Refugee Nation) foi de dois publicitários curitibanos radicados em Nova York, Artur Lipori e Caroline Rebello. Eles ficaram entusiasmados quando souberam que haveria uma delegação de refugiados na Olimpíada Rio-2016. Para fazer...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This