Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Cantar só uma parte do hino nacional. Pode, Arnaldo?

14 de maio de 2012

O futebol teve um final de semana cheio de decisões.  A festa dos campeões começou no sábado (12) no Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo (SP), com a final da série A2 do Campeonato Paulista. Bruno e Ray abriram a festa cantando o Hino Nacional antes do jogo que daria ao time da cidade o primeiro título de sua história. O São Bernardo sagrou-se campeão, mas restou uma dúvida. A dupla sertaneja cantou apenas a primeira parte do hino brasileiro, ignorando o restante de sua letra. É permitido fazer isso?

Bruno e Ray cometeram uma infração. Segundo Augusto César, cerimonialista da Universidade do Estado do Pará, nos casos de execução vocal, sempre devem ser cantadas as duas partes do poema. Se a versão for orquestrada, no entanto, a regra é mais flexível: “Nesses casos, pode ser executada apenas a primeira parte da música”, esclarece.

O artigo 24 da Lei 5.700, de 1º de setembro de 1971, prevê que o Hino Nacional pode ser interpretado por uma banda, orquestra, coral, cantores ou reproduzido por uma gravação. No entanto, é contra a lei a execução de versões elaboradas pelos próprios artistas. A música deve ser entoada em marcha rancho (como a composição de Antão Fernandes) e cantada em fá maior (o tom adotado pelo maestro Alberto Nepomuceno) em uníssono (uma única voz). Os presentes podem ficar à vontade para cantar ou não a letra – não é desrespeito permanecer com a boca fechada.Virar-se para a bandeira nacional na hora do hino, atitude que também costuma ser tomada em competições esportivas, vai contra as normas de culto aos símbolos nacionais. Isso porque, a menos que se trate de uma homenagem à bandeira, todos os símbolos que representam o país (o hino, a bandeira, os selos e as armas) devem receber prestígio igualitário. Durante a execução do hino nacional em ambientes abertos – como é o caso dos estádios de futebol –, os presentes devem se voltar para a direção de onde a música está sendo reproduzida.

Para os que não resistem às palmas depois do hino, uma boa notícia: não há restrições. Na lei, está escrito: “Durante a execução do Hino Nacional, todos devem tomar atitude de respeito, de pé e em silêncio, os civis do sexo masculino com a cabeça descoberta e os militares em continência, sendo vedada qualquer outra forma de saudação”. O cerimonialista Augusto César, no entanto, garante: “Apesar de as palmas serem uma forma de saudação, o hino pode sim ser aplaudido, pois o parágrafo discorre sobre atitudes a serem tomadas durante a execução da música, e não após esta”.

A violação de qualquer uma das regras previstas em lei implica multa de uma a quatro vezes o salário mínimo vigente, podendo o valor ser dobrado em casos de reincidência. No caso do jogo do último sábado, quem pagaria a multa seriam os próprios Bruno e Ray, e não a organização do clube: “É responsabilidade civil de quem está executando o hino”, diz Augusto César.

Confira uma execução do Hino Nacional em estádio de futebol que traz dois acertos e duas infrações.

Acharam as infrações? A dupla Hugo e Tiago canta uma versão sertaneja em duas vozes do hino e os jogadores se posicionam de lado em relação aos cantores. Por outro lado, eles acertam ao cantar a letra completa da música e ao receber os aplausos da plateia ao final da execução.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

9 Comentários

9 Comentários

  1. Marcos Wendell

    Meu querido Marcelo Duarte, sou seu fã ha muito tempo, queria te dizer que a dupla estava pronta para cantar o Hino Nacional na integra , mas os responsáveis pelo São Bernardo Futebol Clube nos proibiu e tbm foram eles quem posicionaram a dupla no local onde estavam, não estou aqui para eximir a dupla dos seus erros mas não poderiamos chegar lá dando ordens, o que me deixa triste é que em nenhum momento a dupla foi elogiada pelo mesmo por sua afinação e nem por sua habilidade musical, uma vez que são 2 meninos Formados em musica coisa que a maioria dos musicos Famosos não são, peço desculpas a voce , pois sou uma pessoa simples e de pouca formação, não tenho grau para debater com um Jornalista do seu nivel, sou seu fã mesmo, mas não posso deixar os meninos serem massacrados sem chance de se defender
    Um Abraço Marcos Wendell Jardim

    Responder
    • guiadoscurglog

      Olá, Marcos! Obrigado pelo esclarecimento! Mas não se trata de massacrar ninguém. Aproveitei o fato para contar curiosidades sobre o hino nacional. Um abraço para você e votos de sucesso para Bruno e Ray, que são muito afinados, sim.

      Responder
  2. Marcos Wendell

    Meu querido Marcelo Duarte, sou seu fã ha muito tempo, queria te dizer que a dupla estava pronta para cantar o Hino Nacional na integra , mas os responsáveis pelo São Bernardo Futebol Clube nos proibiu e tbm foram eles quem posicionaram a dupla no local onde estavam, não estou aqui para eximir a dupla dos seus erros mas não poderiamos chegar lá dando ordens, o que me deixa triste é que em nenhum momento a dupla foi elogiada pelo mesmo por sua afinação e nem por sua habilidade musical, uma vez que são 2 meninos Formados em musica coisa que a maioria dos musicos Famosos não são, peço desculpas a voce , pois sou uma pessoa simples e de pouca formação, não tenho grau para debater com um Jornalista do seu nivel, sou seu fã mesmo, mas não posso deixar os meninos serem massacrados sem chance de se defender
    Um Abraço Marcos Wendell Jardim

    Responder
    • guiadoscurglog

      Olá, Marcos! Obrigado pelo esclarecimento! Mas não se trata de massacrar ninguém. Aproveitei o fato para contar curiosidades sobre o hino nacional. Um abraço para você e votos de sucesso para Bruno e Ray, que são muito afinados, sim.

      Responder
  3. Felipe Marcondes de Carvalho

    Prezado Marcelo,
    Sua qualidade como jornalista é inquestionável, principalmente ao relatar a importância do Hino Nacional.
    Só acho que pegou pesado com os meninos Bruno e Ray, ao dizer que eles cometeram a infração, pois deveria ter mencionado ao meu entender que o erro é da organização do evento, que manda e desmanda nesses jovens em começo de carreira.
    Um abraço de um assinante da ESPN, e prestigiador das curiosidades de seu blog.
    Felipe Marcondes de Carvalho

    Responder
  4. Felipe Marcondes de Carvalho

    Prezado Marcelo,
    Sua qualidade como jornalista é inquestionável, principalmente ao relatar a importância do Hino Nacional.
    Só acho que pegou pesado com os meninos Bruno e Ray, ao dizer que eles cometeram a infração, pois deveria ter mencionado ao meu entender que o erro é da organização do evento, que manda e desmanda nesses jovens em começo de carreira.
    Um abraço de um assinante da ESPN, e prestigiador das curiosidades de seu blog.
    Felipe Marcondes de Carvalho

    Responder
  5. Arnaldo

    Ridiculo a execucao do hino nacional brasileiro nesta quarta 3/10/2012 na abertura do jogo brasil e argentina ,o hino foi executado e cantado em “portunhol”.É mais uma vez o desrespeito e a falta de patriotismo.Pergunto um estrangeiro pode cantar nosso hino?

    Responder
  6. Arnaldo

    Ridiculo a execucao do hino nacional brasileiro nesta quarta 3/10/2012 na abertura do jogo brasil e argentina ,o hino foi executado e cantado em “portunhol”.É mais uma vez o desrespeito e a falta de patriotismo.Pergunto um estrangeiro pode cantar nosso hino?

    Responder
  7. Juzé

    Deixa os cara, ninguém deve ser obrigado a NADA! Nesse país só os impostos e o código penal é obrigatório. Cantar, reverenciar, acreditar e etc… não é e não deve. E vem pra ver…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This