AYERTON SENNA - MORTE

  • Ayrton Senna da Silva morreu no dia 01 de maio de 1994, no autódromo de ímola, em San Marino, na Itália.
  • Na sétima volta da prova, o carro do piloto saiu da pista e bateu em um muro de concreto a 300 quilômetros por hora.
  • Ayrton Senna foi declarado morto à 13h40 (horário de Brasília) através de um boletim médico do hospital Maggiore, em Bolonha, Itália.
  • O velório de Senna durou quase 22 horas e foi acompanhado por uma multidão de 250 mil pessoas. Cada um podia ficar apenas 10 segundos em frente ao caixão.
  • O velório aconteceu na Assembleia Legislativa de São Paulo. Personalidades como o cantor Fábio Júnior, o então presidente Itamar Franco e a ex-namorada Xuxa compareceram à cerimônia.
  • O corpo do piloto recebeu honras de chefe de Estado e seu caixão foi carregado por cadetes da polícia militar.
  • No dia da morte de Senna, o cantor Milton Nascimento, acompanhado por um público de 50 mil pessoas, fez um show no Parque do Ibirapuera e cantou a música “Canção da América”, a favorita do tricampeão.Livro reúne números, estatísticas e curiosidades sobre a Fórmula 1

    Livro conta a carreira e a história do tricampeão da Fórmula 1