As mulheres só começaram a participar da corrida em 1975. A primeira campeã da São Silvestre foi a alemã Christa Valensieck, com o tempo de 28min39s. A brasileira mais bem colocada foi a catarinense Marta Fuhrman, que ficou com o quinto lugar.

As brasileiras começaram a vencer em 1995, com Carmem de Oliveira. A partir daí, outras quatro já chegaram em primeiro lugar: Roseli Machado (1996), Maria Zeferina Baldaia (2001), Marizete Rezende (2002) e Lucélia Peres (2006).

Na segunda edição da prova, a mexicana Veronica Martinez, com apenas 13 anos, terminou em quarto lugar.

Em 1978, a norte-americana Dana Slater venceu a prova, mas não sabia que estava na liderança. Ela só soube da vitória depois que foi avisada pelas fiscais. No ano seguinte, ela garantiu o bicampeonato, mas teve problemas em ver a pista por causa da chuva. Míope, Slater corria de óculos, que ficaram embaçados.

Leia também: 11 curiosidades sobre a São Silvestre