Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A história das camisas dos 12 maiores times

3 de agosto de 2009

Você sabia que praticamente todos os chamados times grandes do Brasil já jogaram com um uniforme diferente do tradicional? O exemplo mais recente é a camisa roxa que o Corinthians lançou no ano passado. Agora o Palmeiras anuncia que seu terceiro uniforme para 2009 será azul.

iG Colunistas – Blog do Curioso, por Marcelo Duarte - » A história ...

 

No livro “A História das Camisas dos 12 Maiores Times do Brasil”, que será lançado hoje, na Livraria Cultura, do Shopping Market Place, em São Paulo, os autores Paulo Gini e Rodolfo Rodrigues trazem os 2.000 modelos diferentes que os clubes usaram desde que foram fundados. Eles mostram também as trocas de patrocinadores e de fornecedores de material. Nenhum detalhe foi esquecido.

 

iG Colunistas – Blog do Curioso, por Marcelo Duarte - » A história ...

 

Em 2000, o Atlético Mineiro reeditou pela primeira vez em 60 anos uma camisa totalmente preta. Ela foi feita para ser usada nos jogos internacionais da Libertadores. O sucesso entre os torcedores foi tanto que até hoje o Galo tem uma camisa totalmente preta.

 

     

 

   

 

Jogando contra o time do Engenho de Dentro, em 7 de maio de 1933, o Botafogo usou uma camisa vermelha com a gola branca. Isso aconteceu porque o time adversário usava um uniforme listrado azul e branco, que poderia ser confundido com a vestimenta tradicional do Fogão. Em outras três ocasiões, pelo mesmo motivo, o Botafogo foi obrigado a usar camisas de cores diferentes: em 1923, uma verde, emprestada pelo time do Andaraí; em 1968, uma azul emprestada pela Adeg, administradora do Maracanã; e em 1975, de amarelo, camisa emprestada pelo time da Suderj.

A história das camisas dos 12 maiores times

 

Para homenagear o Torino, da Itália, que havia acabado de perder todos os jogadores e comissão técnica em um acidente aéreo, o Corinthians vestiu a camisa do clube. Foi contra a Portuguesa, no Pacaembu, no dia 8 de maio de 1949.

 

A história das camisas dos 12 maiores times

Feita especialmente para a Libertadores de 2004, a camisa azul-celeste do Cruzeiro faz parte da primeira geração de camisas com uma coroa acima do escudo do clube. A chamada tríplice coroa faz referência à temporada de 2003, em que o Cruzeiro foi campeão mineiro, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

 

Ano passado, depois de uma briga judicial com a fornecedora de materiais esportivos, o Flamengo fez suspense e entrou em campo no Campeonato Brasileiro usando uma camisa com três interrogações no lugar da logomarca. Derrotado na Justiça, o time voltou a usar a camisa anterior poucas partidas depois.

 

A história das camisas dos 12 maiores times

A camisa laranja do Fluminense foi lançada no centenário da equipe, em 2002, e não agradou os torcedores. O Tricolor usou a camisa apenas no segundo tempo de um amistoso. Atualmente, uma das camisas de treino do Flu é dessa cor.

 

E o Grêmio, que, acredite, já jogou de vermelho? Na verdade, a cor era o havana, um parente  do vermelho. Foi a primeira camisa do time, em 1903. Depois, o havana foi substituído pelo preto porque os tecidos eram caros demais, e até raros. Em compensação, em 1987, a Coca-Cola  teve que colocar sua logomarca em preto na camisa do Grêmio, e não no tradicional vermelho, cor do maior rival. Foi a primeira vez que isso aconteceu.

 

A história das camisas dos 12 maiores times   

A exemplo dos argentinos do River Plate, o Internacional já jogou de branco com uma faixa diagonal vermelha. Durante boa parte da década de 1950, uma das camisas do time tinha essa composição. Em 1995, o segundo uniforme também era assim.

Na final do Paulistão de 1954, que aconteceu em fevereiro do ano seguinte, o Palmeiras enfrentou seu maior rival, o Corinthians, usando uma camisa azul. A escolha teria acontecido por conselho de um pai-de-santo — que errou o prognóstico. O empate de 1 x 1 deu o título ao Corinthians.

 

A história das camisas dos 12 maiores times 

“Paz” foi a primeira inscrição que apareceu na frente da camisa do Santos. A palavra não era parte de um patrocínio, foi escrita em apoio a uma campanha que acontecia na cidade de São Paulo em 1983. Um patrocínio curioso que apareceu na camisa do Santos foi o do Lenços de Papel Kleenex, em 1986.

A história das camisas dos 12 maiores times

 

O marketing esportivo ainda estava engatinhando em 1997. Talvez por isso a camisa do São Paulo, que tinha escrito “Bom…???”, tenha causado tanta surpresa. Ela foi usada em apenas um jogo, contra o Cruzeiro, e deu sorte: 5 x 0, cinco gols de Dodô. A brincadeira serviu para anunciar o futuro patrocinador do time: a esponja de aço Bombril.

 

A história das camisas dos 12 maiores times

 

Muitos clubes não tiveram a chance de homenagear seus maiores ídolos enquanto eles ainda estavam jogando. Não foi o caso do Vasco, que entrou em campo no dia 24 de março de 1983 com a frase “Valeu Roberto!” estampada na camisa. Até Zico, maior jogador da história do Flamengo, atuou no onze cruz-maltino naquela partida contra o La Coruña, da Espanha. Mesmo assim, os europeus venceram por 2 x 0.

O lançamento do livro será hoje, a partir da 19h, na Livraria Cultura, do Shopping Market Place, que fica na avenida Chucri Zaidan, 902, em São Paulo. Além de autografar os livros, os autores — que colecionam camisas de futebol — levarão algumas raridades que poderão ser conferidas para ficarem expostas.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

43 Comentários

43 Comentários

  1. Osvaldo Ruy Junior

    Bacana o livro com certeza vou compra-lo. Mas um adendo, o Grêmio não jogava de vermelho em 1903 e sim Havana um tom de marron.
    Um abraço!
    Resposta de MARCELO DUARTE: Era só uma pequena provocação, Osvaldo. No livro, o havana puxa um pouco para o vermelho, o que pode assustar alguns torcedores gremistas. Obrigado por visitar o blog e obrigado por seus comentários.

    Responder
  2. murilo andrade

    Por um momento pensei que fosse ia esquecer do meu São Paulo.
    Não dá gosto comprar um livro só pra ler sobre o meu time.

    Responder
  3. Alex Henrique

    Ainda sobre a camisa do Grêmio: o patrocínio da Coca-Cola para a camisa de 10 das 12 equipes – menos Corinthians e Flamengo – que estão no livro foi fechado para a Copa União de 1988 – e não 1987 – e durou, para alguns times, cinco anos, como foi o caso do Fluminense, que ainda exibiu a Coca-Cola em seu uniforme até 1993.
    Podem consultar os arquivos, que mostram o São Paulo com patrocínio da Bic e o Inter com o plano de previdência Aplub em suas camisas em 87.
    Grato pela atenção.

    Responder
  4. carlos felix

    Quem disse que fluminense é grande time? é lanterna da série A eo vasco tá série B. Pera lá, o triste futebol carioca vai de ladeira abaixo.

    Responder
  5. Wagner

    A CAMISA MAIS BONITA DO BRASIL É O UNIFORME NÚMERO DOIS ANTIGO DO CORINTHIANS (O ANTIGO, LISTRAS PRETAS LARGAS E BRANCAS FINAS).

    Responder
  6. Antonio Claudio

    Comprarei o Livro sim, mas desde que o MEU BAHIA náo tenha sido esquecido. Ainda que momentaneamente na série B.

    Responder
  7. Antonio Claudio

    Perdáo! Mas há um equivoco no titulo. Ao que eu saiba, o BRASIL é constituido de 26 estados. Cadë os grandes do PARANÁ, BAHIA, PERNAMBUCO? Já desistí de comprar.

    Responder
  8. Antonio Claudio

    História dos maiores do RIO, SP, RS e MG o autor quis dizer náo? Sim, pois ao que eu saiba PARANÁ, PERNAMBUCO, BAHIA . Também tem grandes clubes e integram o nosso Pais. Desistí de comprar o livro pela pretencáo do TÍTULO.

    Responder
  9. Gilberto Barbosa

    Outro adendo:
    Na década de oitenta, precisamente na disputa do troféu Tereza Herrera, o Botafogo (RJ) foi campeão jogando com a camisa do La Corunha da Espanha ( listras verticais azul e branca ).
    Parabéns pelo belo trabalho Paulo Gini e Rodolfo Rodrigues!
    Comentário de MARCELO DUARTE: Bem lembrado! Está no livro! Abraços.

    Responder
  10. sidnei

    Não é a toa que o Vasco perdeu, Zico é o maior pé-frio.

    Responder
  11. Eric Luis Carvalho

    Muito bom saber essas coisas! Bacana!
    Ah o jogo do ROberto de despedida foi em 93 e não 83!
    um abraço!
    Resposta de MARCELO DUARTE: Está corrigido, Eric! Obrigado pela leitura atenta. Abraços.

    Responder
  12. Roberto de Carvalho

    Só espero que neste importante Livro não venham colocar um falso campeão do início da classificação para Libertadores 1958/59 e vencedor entrando como bionico da Copa União de 88 que por bagunça terminou em 1989. Ninguem entende por que este falso Campeão está sempre prestigiado em grandes eventos fora da Bahia.
    No mais se não tiver nada sobre esta falida massa falida compraremos essa história das camisas dos verdadeiros 12 maiores clubes do Brasil.

    Responder
  13. Sergio Santiago

    Independente de rivalidades e intrigas clubisticas , este livro é uma obra que vem abrilhantar ainda mais nossas bibliotecas e livriarias.

    Responder
  14. Alfredo Borba

    Por que só os 12 ?
    Por não os 15 ou 20 ?
    Será que o Brasil só é composto das regiões sul e sudeste ?
    As demais não existem?
    Isso é discriminação!!
    O Santa Cruz de Recife, está na série D, mas, coloca dentro do
    seu estádio um público de 48 mil torcedores.

    Responder
  15. José Neto

    Embora os últimos anos do Bahia tenham sido vergonhosos devido a uma longa administração corrupta e incompetente, este clube é no mínimo do mesmo tamanho de Atlético(MG) e Botafogo. São 2 títulos nacionais (1959 e 1988). Lembremos que o Atlético(MG) tem apenas 1. O Bahia foi o 1o time do Brasil a disputar a Libertadores. Foi o 1o clube campeão nacional, com 28 anos de idade apenas. Mas infelizmente muita gente ignora tudo isso, né…

    Responder
  16. José Neto

    Ah, e o Roberto de Carvalho, hein?!?!?! Só rindo mesmo!!! Coitado, deve torcer prum time que tem mais de cem anos e nunca foi campeão nacional, nunca jogou uma Libertadores… que não tem nem camisa pra ser discutida neste livro… Um time que jamais ganharia uma final nacional contra um Santos de Pelé no Maracanã ou contra um Beira-Rio todo vermelho…

    Responder
  17. indio poty

    Não entendi considerarem o Vasquinho da 2a e o Flulanterna como times grandes.

    Responder
  18. LUIZ MS

    Para o bem do futebol, o manto sagrado do glorioso Santos F.C. deveria ser um capítulo à parte.

    Responder
  19. Eduardo

    Senhores, o titulo é “os 12 maiores times….” não diz que apenas esses 12 são grandes. atenção na leitura!!!!

    Responder
  20. rosemiriam

    Antônio Claudio, você não entendeu o sentido da piblicação SÃO OS GRANDES TIMES DO BRASIL – os estdaos que você citou não tem grandes times e sim grandes torcidas é diferente, ACORDA MANÉ….

    Responder
  21. joao alves

    sou fa do futebol mas fico triste em saber que ainda tem pessoas
    que se diz entendido. nao coloquen outros grandes clubes do nosso pais. esses clubes foram grandes a 20 anos atras alguns desses citados aida estao vivos grassas ao apito.

    Responder
  22. Indio papaku

    Indio puty ou poty, tu não entendeu porque tu é burro….

    Responder
  23. Felipe

    É claro que, como sempre, apenas times do sul e sudeste são lembrados. Isso tem dois motivos básicos: em toda a história apenas dois títulos brasileiros não foram conquistados por times dessas regiões, e pra mídia e, pelo que parece, para os escritores, nos outros estados não existe futebol.
    Tirando a Copa do Brasil conquistada pelo Sport ano passado, que título relevante um time fora desse eixo ganhou nos últimos dez, quinze, vinte anos?
    O vasco, apesar de estar na segundona, tem 4 títulos brasileiros (incluída a Copa João Havelange de 2000), empatado em segundo (o primeiro claro é o São Paulo com seis títulos) com Palmeiras, Corinthians e Flamengo.
    Antes que algum ignorante escreva besteira aqui, quem ganhou em 87 foi o Sport Recife (não sou que estou dizendo, é o resultado oficial da CBF, que é o que importa). Antes de escrever, vai no site da CBF e confere.

    Responder
  24. Enzo

    Comentaram de tudo e esqueceram do maior de todos, o Campeão do Século XX, o glorioso Palmeiras que foi o único time brasileiro a vestir o verdadeiro manto sagrado que é a camisa oficial da Seleção Brasileira.

    Responder
  25. Carneirote

    Mais um livro, CD, DVD, gibi, ou qualquer outro meio de comunicação que prestigia somente os clubes de futebol do SUL e SUDESTE! Sport, Santa Cruz, Bahia, Vitória, Paysandú… nenhum desses times parecem ter história pro autor… VERGONHA!

    Responder
  26. Naej

    E o Bahia fica aonde????????

    Responder
  27. roseli aquino

    O verdão de Parque Antártica fica bom de qualquer camisa, o que importa são seus craques! Mas é otimo saber estas histórias, pois enriquece mais nosso conehcimento sobre o time do coração. Vou comprar o livro!

    Responder
  28. Nicola

    No final da decada de 90, na decisão da taça Teresa Herrera, em La Coruña, o Botafogo jogou com a camisa do time local (azul e branca) contra o Juventus de Turim e venceu nos penaltis, depois de um empate de 4×4 no tempo normal.

    Responder
  29. Arnaldo

    Sobre o botafogo teve tambe em 1996 no torneio Tereza Herrera que foi decidido contar a juventus de turin, os dois time estavam com a camisa listradas nenhum levou o uniforme 2 como o jogo estava sendo realizado no estadio do lacoruña e o mandante era a Juventus o botafogo usou a camisa do time dono do estadio, não lembro o placar mas sei que o botafogo foi campeão.

    Responder
  30. FAHUR

    A CAMISA DO SANTOS DEVIA SER MESMO UM CAPITULO A PARTE, DIZENDO QUE SE NÃO FOSSE O PELÉ, O SANTOS SERIA UM BRAGANTINO NA VIDA. AGORA DIZER QUE O BAHIA, E O SANTA CRUZ, SÃO TIMES GRANDES, É DE DOER, HÉIN?

    Responder
  31. Douglas Nascimento

    Tinha que ter a camisa da Portuguesa, cheia de histórias curiosas…
    Ai, ao invés de 12 seriam 13 camisas… e 13 lembra Zagallo, que lembra futebol… ia vender ainda mais… ou não… rs
    —-
    Mas falando sério, seria mais simpático se o livro abrangesse nao só 12, mas os principais clubes brasileiros como um todo… Senão, com 12, corre o risco de ter antipatia dos leitores que não tiveram seu clube descrito….
    Mas vou comprar do mesmo jeito! rs

    Responder
  32. Rogerio Luiz

    Essa história da camisa do São Paulo está errada. Caso seja isso que esteja no livro o povo tem mesmo memória curta. Esse foi um caso de amadorismo do Marketing do São Paulo e muito criticado na época. Na verdade o grupo Cirio (dono da marca BomBril) patrocinava o São Paulo e houve um problema na renovação, algum descumprimento no acordo, e o São Paulo estampou este Bom..??? na camisa justamente para criticar a empresa, não estampando a marca correta e fazendo uma pergunta dúbia. Com certeza um motivo de arrependimento ao marketing do São Paulo.

    Responder
  33. Hesli Rios

    Não quero nem de graça… Pq o Atlético Mineiro é considerado grande e o bahia (bi campeão brasileiro) não é???? E o Sport (campeão brasileiro de 1987 e campeão da copa do Brasil de 2008)? Chega de discriminação. Se dependesse de mim não seria vendido um só volume…

    Responder
  34. Pedro Moraes

    Onde esta o maior clube do Norte/Nodeste e Centro Oeste , o Esporte Clube Bahia? Sera que voces so levam em conta os times das regioes Sul e Sudeste? Seria preconceito?

    Responder
  35. Iago

    Cadê o Bahia, Sport e os outros grandes times nordestinos?? CHEGA DE DISCRIMINAÇÂO!!!!!

    Responder
  36. Roger Roger

    Para os USA o Brasil só tem 12 times grandes, pois o norte e a Amazônia eles consideram seus ou “patrimônio da humanidade” deles.

    Responder
  37. Dada -

    Apesar de Santista BRANCO E PRETO concordo com alguns internautas em dizer nosso prezado escritor Marcelo poderia ter incluido no mínimo o Bahia,Vitória, Coritiba e porque não até Goiás nesse contesto,todos são times tem bastante torcida.Bahia inclusive é um dos fundadores do Clube dos 13.Concorda?Quanto ao Santos deveria ser reverenciado por todos e ao entrar em campo,todos deveriam ficar em silencio em respeito a camisa mais famosa do mundo.Alias o uniforme mais lindo do planeta.O nº 2 que todos pensam que é o nº 1.O BRANCOOOO!!! Da-lhe Peixe!!!!
    Resposta de MARCELO DUARTE: Caro, o livro não é de minha autoria.

    Responder
  38. Dada -

    Um BABACA com um nome de FAHUR só pode ser um imbecil e analfabeto,deve ter baixa escolaridade,se tiver profissão deve ganhar salario minimo,morar mal,ter em casa uma penca de filhos com barrigas cheias de vermes,mulher feia com pernas de varizes e cabelos horriveis e tenho quase certeza que deve ser da marginal,bambicha ou suino,mas de qualquer forma ele lembrou do maior do mundo,ou seja Pelé,enquanto eles tiveram Lero-Lero ou seria Biro-Biro? Geraldão,Wilson Mano,Ditão,Jacenir,etc,etc,credooooooooooo!!!!!!!!!!!!! Sai fora babaca,time sem passaporte!!!!!!!!!!!!!! turma de bandidos analfabetos.É Nós Manooooooooooooo!!!!Bando de bobos.Ah!um lembrete sou SANTISTA mas sou CARIOCA estado das praias assim como a cidade de Santos.Paulistadas tomam banho no rio Tietê limpinho,limpinho.arc!

    Responder
  39. Valderi

    Poderiam colocar a história da camisa corinthiana na década de 80, que tinha a inscrição Democracia Corinthiana.

    Responder
  40. Henrique

    Gostaria de saber qual clube inventou a camisa tricolor…

    Responder
  41. luis paulo

    pra mim time grande tem q ter no minimo 2 brasileiros e algum titulo internacional.Fluminense,botafogo e atletico-mg nem sao grandes na minha opiniao.Se fossem do pará ngm ia considera-los times grandes

    Responder
    • Thales

      O Atlético tem uma das maiores torcidas do Brasil, e foi ele qm inovou com a camisa 12. E naum eh considerado time grande apenas pelo estado, mas pela vasta história, e torcida sempre lotando o mineirão.

      Responder
  42. RICARDO DE PAULA PACHECO

    CONTAM QUE A CRIAÇÃO DO BOTAFOGO F.R. NO INÍCIO DO SÉCULO PASSADO VEIO COM UM JOGO DE CAMISA DA JUVENTUS (ITALIA) TRAZIDA POR UM DE SEUS FUNDADORES QUE INSPIROU AS ATUAIS. TEM CONHECIMENTO DESTE FATO? FAZ SENTIDO.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This