Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Beatles x Rolling Stones no futebol de mesa? Designer cria botões de bandas de rock

10 de setembro de 2014

“Vai para o gol!”. As arquibancadas ficam mudas. Entre as linhas brancas na madeira pintada de verde, ali na lateral-direita do campo, o botão de Axl Rose está preparado para o chute. Com uma empurradinha para o lado direito, o goleiro retangular que representa Rogério Ceni está preparado para a defesa.  Que partida maluca é esta? O designer são-paulino Luciano Araújo, 39 anos, lançou a marca “Botões Clássicos”, que tem 38 seleções e mais  67 clubes nacionais e  81 internacionais. Mas a grande novidade são os 14 times com emblemas de bandas de rock, como AC/DC, Pink Floyd, Beatles, Ramones e Guns N’ Roses – a preferida de Luciano. “Todos são clássicos dos anos 70 e 80″, explica Luciano, que é baixista da banda Rocky. “Nunca fizeram botões de bandas e eu sei que as pessoas curtem bastante porque, enquanto jogavam quando crianças, ouviam essas músicas”.

De Beatles a Kiss, é possível jogar futebol de botão com os clássicos do rock

A ideia de fazer os times de futebol de mesa com bandas de rock nasceu um dia depois da final da Copa do Mundo. Luciano já estava produzindo botões, mas, num estalo ao acordar, decidiu unir suas grandes paixões: o futebol e a música. “A banda de rock representa o mesmo que o time de futebol”, garante. “Você possui uma história com ela, tem um mesmo perfil. Além do mais, essas bandas já tocaram nos maiores estádios do mundo. Rock e futebol têm tudo a ver”. A primeira banda que saiu dos discos  para a mesa de botão foi a Guns N’ Roses. “Refiz o desenho três vezes até encontrar o formato perfeito. Procuro sempre colocar a marca da banda como se fosse o distintivo do time”. Com as bandas de rock, Luciano tem feito experiências que eram impossíveis com os times de futebol. “Colocarei purpurina nas bordas do botão do Kiss para ficar bem ao estilo da banda”. diz. Ele também não esqueceu das roqueiras. Para homenagear o sexo feminino, o designer tem em mente a equipe “Os Melhores de Woodstock”, com Janis Joplin vestindo a camisa 10 da equipe. Luciano acha que os botões do Rolling Stones são os mais bonitos, só que o campeão de vendas é o grupo de hard rock AC/DC, detalhado com a icônica gravata do guitarrista Angus Young.

Botões do Guns N Roses, AC/DC e Rolling Stones

Como ficam as bandas brasileiras? Por enquanto, os fãs de Renato Russo e Chorão não encontrarão suas bandas favoritas no catálogo da Botões Clássicos, mas Luciano já está fazendo estudos para incluir grupos nacionais de rock. “O primeiro será do Raimundos, mas já penso em Legião Urbana, Charlie Brown Jr. e Barão Vermelho”, avisa.

O projeto de bandas brasileiras: Raimundos, Charlie Brown Jr.

O preço dos times de botões varia de 40 a 50 reais, dependendo do material escolhido para o goleiro, que pode ser acrílico ou  plástico. Luciano monta todos times artesanalmente. “Faço com lentes de 45mm de acrílico, assim como eram os da Brianezi“, detalha. “Faço os desenhos no computador, recorto à mão, grudo na lente com cola branca. Pinto a lateral do botão – que chamamos de ‘calção’ -, lixo e faço o polimento para deslizar bem na mesa.” No página de facebook da Botões Clássicos, Luciano publicou uma foto com o clássico Beatles x  Rolling Stones. Qual foi o marcador da partida, Luciano?  “Que jogo! Deu empate. 4 x 4. As duas bandas são sensacionais.”

O duelo entre Mick Jagger e John Lennon no futebol de botão

Serviço Botões Clássicos – http://www.botoesclassicos.com.br/ Contato: luciano@1234design.com.br

Leia também:
10 jogos clássicos
Geraldo Décourt e a criação do futebol de mesa (ou de botão)
A história das principais marcas de futebol de botão

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A volta dos Botões Brianezi

A volta dos Botões Brianezi

Desde o final de 2020,  o empresário Alexandre Badolato passou a ser chamado de "Alexandre da Brianezi". Depois de 20 anos fora do mercado, a Botões Brianezi voltou a existir por causa de um acordo feito entre ele e Lúcio Brianezi, herdeiro da marca. Paulo Brianezi,...

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

2 Comentários

2 Comentários

  1. Renato

    A idéia achei > excelente demais ! mas…os botões em si , não gostei deles…>não !!
    É uma pena… pois são todos num padrão único… os bem legais > são aqueles botões tipo vintage…os primeiros das ‘antigas’ …chamavamos botões tipo > ‘ puxadores ‘ ……..
    Aqueles que vinham em 2 ou 3 camadas de cores e tamanhos diferentes…. e pesavam diferente >tambem…influenciava como se jogava…
    Enfim …mesmo assim valeu ! parabens.
    abrç. ,
    Renato_portoalegre-rs.

    Responder
  2. André Luis

    As vidrilhas foram feitas por você? Poderia explicar este aspecto da fabricaçao!
    Parabéns pela iniciativa.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This