Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

20 curiosidades sobre o Corinthians

24 de abril de 2019
  1. O Corinthians foi batizado em homenagem ao Corinthian FC, time inglês que havia excursionado pelo Brasil. O nome não agradou a todos. Havia quem preferisse que o nome do clube homenageasse algum brasileiro de renome como Santos Dumont ou Carlos Gomes.
  2. O Corinthians foi fundado por um grupo de trabalhadores humildes. O primeiro presidente, por exemplo, era alfaiate. Os próprios jogadores ajudaram a construir o campo onde a equipe faria seus amistosos.
  3. O mascote do clube, o Mosqueteiro, surgiu de uma crônica do jornal A Gazeta Esportiva após um amistoso contra o Barracas, da Argentina. O texto comparava a garra dos jogadores corintianos com Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas.
  4. O Corinthians viveu por quatro anos sem ter um escudo. O primeiro foi desenhado apenas em 1914.
  5. Os primeiros uniformes do Corinthians eram na cor creme. A tonalidade, no entanto, desbotava fácil após as lavagens, e como não havia dinheiro para repor o tecido, optou-se por adotar o branco como cor oficial.
  6. O primeiro ídolo do Corinthians foi Neco. Ele jogou nas décadas de 1910 e 1920 e ficou marcado pelo temperamento forte. Certa vez, em um clássico contra o Palestra Itália, ele tirou a cinta de seu calção para agredir o goleiro alviverde.
  7. O verso “Campeão dos campeões” no hino do Corinthians faz uma referência a uma conquista de 1930, quando foi realizado um jogo entre o campeão de São Paulo (o Corinthians) e o campeão do Rio de Janeiro (o Vasco): deu Timão, 3 x 2.
  8. Datas marcantes na história do Brasil trazem lembranças felizes para os corintianos. O clube foi campeão paulista em 1922, ano do centenário da independência; em 1954, ano do IV centenário da cidade de São Paulo; e em 1988, ano do centenário da abolição da escravatura; em 2000, nos 500 anos de Brasil, o clube foi campeão mundial. A escrita só falhou em 1989, ano do centenário da proclamação da República.
  9. Certa vez, Neco assaltou a sede do Corinthians e levou para casa bolas, troféus e outros pertences. É que por conta de dívidas o time corria o risco de ter seus bens penhorados. O assalto, então, foi uma forma de guardar tudo em segurança.
  10. Outro craque emblemático do Corinthians foi Luizinho. Certa vez, em um clássico contra o Palmeiras, ele sentou em cima da bola após passar a bola por entre as pernas do adversário. Seu apelido era “Pequeno Polegar”.
  11. Curiosamente, o apelido “Timão” surgiu em um dos piores momentos da história do clube: o jejum de títulos paulistas que durou de 1955 a 1977. Em 1966, dispondo de grandes recursos, o Corinthians fez contratações de peso e a imprensa passou a se referir ao elenco como o “Timão do Corinthians”. Pegou.
  12. Vicente Matheus foi um dos maiores presidentes do Corinthians. Ao todo, ele presidiu o clube por 18 anos entre 1959 e 1991. Famoso por pérolas como “o Sócrates é invendável e imprestável”, “essa é uma faca de dois legumes” e “comigo ou sem migo o Corinthians será campeão”, o folclórico dirigente chegava a passar dias preso em seu quarto quando o Timão perdia.
  13. Se consagrou técnicos já famosos como Oswaldo Brandão e Tite, o Corinthians também conquistou títulos importantes com interinos que foram efetivados no clube. Em 1995, Eduardo Amorim venceu a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista; em 1999, Oswaldo de Oliveira venceu o Paulistão e o Brasileirão, ganhando também o Mundial em 2000; em 2017, Fábio Carille faturou um Estadual e um Campeonato Brasileiro. Antes disso, em 2005, Márcio Bittencourt comandou o time em boa parte da jornada do tetra brasileiro.
  14. O Corinthians cedeu quatro técnicos para a Seleção Brasileira nos últimos 20 anos: Vanderlei Luxemburgo, em 1998; Carlos Alberto Parreira, em 2002; Mano Menezes, em 2010; e Tite, em 2016. Curiosamente, os quatro foram substituídos por treinadores que fracassaram e passaram pouco tempo no cargo (Evaristo de Macedo, Geninho, Adilson Batista e Cristóvão Borges, respectivamente).
  15. A torcida do Corinthians é conhecida por suas invasões: em 1976, dezenas de milhares de corintianos dividiram o Maracanã com o Fluminense na semifinal do Campeonato Brasileiro; em 2012, eram mais de 30 mil torcedores do Corinthians no Japão para a final do Mundial de Clubes.
  16. O Corinthians foi o primeiro campeão da Copa do Mundo de Clubes da Fifa. Em 2000, jogando na condição de campeão nacional do país-sede, o Timão derrotou o Vasco no Maracanã nos pênaltis e levou o título.
  17. Quando foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2007, o Corinthians tinha em seu elenco Vampeta, ídolo do clube no início da década. O técnico era Nelsinho Batista, campeão brasileiro com o clube em 1990. Além de nomes consagrados no passado, o elenco que viveu o pior momento da história do clube era formado por jogadores que se consagrariam no futuro: casos de William, Dentinho e Éverton Ribeiro.
  18. Quando o Corinthians ganhou seu primeiro título brasileiro, em 1990, outros 19 times já tinham conquistado esse título. Vinte e sete anos depois, o Timão já se tornou o terceiro maior campeão nacional, com sete títulos.
  19. O Corinthians é o maior campeão brasileiro da era dos pontos corridos, iniciada em 2003: já são quatro conquistas.
  20. A tão sonhada Libertadores da América foi conquistada pelo Corinthians de maneira invicta em 2012: foram oito vitórias e seis empates em 14 jogos. Jamais outro time venceu o torneio fazendo tantos jogos sem perder nenhum.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This