Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

20 curiosidades sobre o Corinthians

24 de abril de 2019
  1. O Corinthians foi batizado em homenagem ao Corinthian FC, time inglês que havia excursionado pelo Brasil. O nome não agradou a todos. Havia quem preferisse que o nome do clube homenageasse algum brasileiro de renome como Santos Dumont ou Carlos Gomes.
  2. O Corinthians foi fundado por um grupo de trabalhadores humildes. O primeiro presidente, por exemplo, era alfaiate. Os próprios jogadores ajudaram a construir o campo onde a equipe faria seus amistosos.
  3. O mascote do clube, o Mosqueteiro, surgiu de uma crônica do jornal A Gazeta Esportiva após um amistoso contra o Barracas, da Argentina. O texto comparava a garra dos jogadores corintianos com Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas.
  4. O Corinthians viveu por quatro anos sem ter um escudo. O primeiro foi desenhado apenas em 1914.
  5. Os primeiros uniformes do Corinthians eram na cor creme. A tonalidade, no entanto, desbotava fácil após as lavagens, e como não havia dinheiro para repor o tecido, optou-se por adotar o branco como cor oficial.
  6. O primeiro ídolo do Corinthians foi Neco. Ele jogou nas décadas de 1910 e 1920 e ficou marcado pelo temperamento forte. Certa vez, em um clássico contra o Palestra Itália, ele tirou a cinta de seu calção para agredir o goleiro alviverde.
  7. O verso “Campeão dos campeões” no hino do Corinthians faz uma referência a uma conquista de 1930, quando foi realizado um jogo entre o campeão de São Paulo (o Corinthians) e o campeão do Rio de Janeiro (o Vasco): deu Timão, 3 x 2.
  8. Datas marcantes na história do Brasil trazem lembranças felizes para os corintianos. O clube foi campeão paulista em 1922, ano do centenário da independência; em 1954, ano do IV centenário da cidade de São Paulo; e em 1988, ano do centenário da abolição da escravatura; em 2000, nos 500 anos de Brasil, o clube foi campeão mundial. A escrita só falhou em 1989, ano do centenário da proclamação da República.
  9. Certa vez, Neco assaltou a sede do Corinthians e levou para casa bolas, troféus e outros pertences. É que por conta de dívidas o time corria o risco de ter seus bens penhorados. O assalto, então, foi uma forma de guardar tudo em segurança.
  10. Outro craque emblemático do Corinthians foi Luizinho. Certa vez, em um clássico contra o Palmeiras, ele sentou em cima da bola após passar a bola por entre as pernas do adversário. Seu apelido era “Pequeno Polegar”.
  11. Curiosamente, o apelido “Timão” surgiu em um dos piores momentos da história do clube: o jejum de títulos paulistas que durou de 1955 a 1977. Em 1966, dispondo de grandes recursos, o Corinthians fez contratações de peso e a imprensa passou a se referir ao elenco como o “Timão do Corinthians”. Pegou.
  12. Vicente Matheus foi um dos maiores presidentes do Corinthians. Ao todo, ele presidiu o clube por 18 anos entre 1959 e 1991. Famoso por pérolas como “o Sócrates é invendável e imprestável”, “essa é uma faca de dois legumes” e “comigo ou sem migo o Corinthians será campeão”, o folclórico dirigente chegava a passar dias preso em seu quarto quando o Timão perdia.
  13. Se consagrou técnicos já famosos como Oswaldo Brandão e Tite, o Corinthians também conquistou títulos importantes com interinos que foram efetivados no clube. Em 1995, Eduardo Amorim venceu a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista; em 1999, Oswaldo de Oliveira venceu o Paulistão e o Brasileirão, ganhando também o Mundial em 2000; em 2017, Fábio Carille faturou um Estadual e um Campeonato Brasileiro. Antes disso, em 2005, Márcio Bittencourt comandou o time em boa parte da jornada do tetra brasileiro.
  14. O Corinthians cedeu quatro técnicos para a Seleção Brasileira nos últimos 20 anos: Vanderlei Luxemburgo, em 1998; Carlos Alberto Parreira, em 2002; Mano Menezes, em 2010; e Tite, em 2016. Curiosamente, os quatro foram substituídos por treinadores que fracassaram e passaram pouco tempo no cargo (Evaristo de Macedo, Geninho, Adilson Batista e Cristóvão Borges, respectivamente).
  15. A torcida do Corinthians é conhecida por suas invasões: em 1976, dezenas de milhares de corintianos dividiram o Maracanã com o Fluminense na semifinal do Campeonato Brasileiro; em 2012, eram mais de 30 mil torcedores do Corinthians no Japão para a final do Mundial de Clubes.
  16. O Corinthians foi o primeiro campeão da Copa do Mundo de Clubes da Fifa. Em 2000, jogando na condição de campeão nacional do país-sede, o Timão derrotou o Vasco no Maracanã nos pênaltis e levou o título.
  17. Quando foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2007, o Corinthians tinha em seu elenco Vampeta, ídolo do clube no início da década. O técnico era Nelsinho Batista, campeão brasileiro com o clube em 1990. Além de nomes consagrados no passado, o elenco que viveu o pior momento da história do clube era formado por jogadores que se consagrariam no futuro: casos de William, Dentinho e Éverton Ribeiro.
  18. Quando o Corinthians ganhou seu primeiro título brasileiro, em 1990, outros 19 times já tinham conquistado esse título. Vinte e sete anos depois, o Timão já se tornou o terceiro maior campeão nacional, com sete títulos.
  19. O Corinthians é o maior campeão brasileiro da era dos pontos corridos, iniciada em 2003: já são quatro conquistas.
  20. A tão sonhada Libertadores da América foi conquistada pelo Corinthians de maneira invicta em 2012: foram oito vitórias e seis empates em 14 jogos. Jamais outro time venceu o torneio fazendo tantos jogos sem perder nenhum.

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A volta dos Botões Brianezi

A volta dos Botões Brianezi

Desde o final de 2020,  o empresário Alexandre Badolato passou a ser chamado de "Alexandre da Brianezi". Depois de 20 anos fora do mercado, a Botões Brianezi voltou a existir por causa de um acordo feito entre ele e Lúcio Brianezi, herdeiro da marca. Paulo Brianezi,...

1 Comentários

1 Comentário

  1. Viviane

    O primeiro brasão foi criado em 1913 e não em 1914.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica