“A curiosidade é um dos pilares da ciência”, respondeu Denise Gimenez Ramos, professora de Psicologia da PUC de São Paulo quando lhe fiz essa pergunta em 2002. “Ao lado da necessidade, ela é uma das forças que impulsionam o homem a fazer grandes descobertas”. A curiosidade é uma forma instintiva do ser humano. A visita do homem à Lua, por exemplo, não aconteceu porque precisávamos de um novo planeta para morar. Foi pura curiosidade para saber o que havia lá.