Por que o Brutus não come espinafre para vencer o Popeye?

24 de abril de 2019

No clássico desenho animado do marinheiro Popeye, adaptado das histórias em quadrinhos, o roteiro é sempre muito parecido: nas batalhas com o vilão Brutus, quando tudo parece perdido, o herói abre sua lata de espinafre, adquire uma força insuperável e o derrota com facilidade. Mas se o espinafre é tão poderoso assim, por que o próprio Brutus não come?

Isso chegou a acontecer em dois episódios da série: “Brutus perdia as batalhas porque os golpes acabam se virando contra ele mesmo”, observa Mark Johnson, relações públicas da King Features Syndicate Inc., empresa responsável pelas publicações do Popeye.

Em “The Twisker Pitcher” (1937), Popeye perde sua lata de espinafre durante um jogo de beisebol contra Brutus. O barbudão encontra a lata e devora seu conteúdo. Enche a lata com ervas daninhas e joga-a de volta para o marinheiro. Mas Popeye tinha um saquinho com sementes de espinafre. Ele as planta ali mesmo no campo de beisebol. O espinafre cresce super depressa e Popeye vence a partida.
Já em “Hospitaliky” (também de 1937) Popeye e Brutus tentam se machucar para serem cuidados pela enfermeira Olívia Palito. Quase no final, Popeye segura Brutus e força-o a comer espinafre contra a sua vontade. Brutus fica ainda mais forte e dá uma surra em Popeye, que vai parar no hospital. Sob os cuidados… de Olívia Palito. Até quando apanhou Popeye se deu bem.
“O espinafre só fez bem para o vilão quando ele precisou se aliar ao Popeye para derrotar um inimigo em comum”, explica Johnson.  No desenho “Seein’ Red, White ‘n’ Blue”, de 1943, os dois se juntam para enfrentar espiões japoneses disfarçados de crianças. Até o ditador alemão Adolf Hitler aparece na história. Popeye abre uma lata de espinafre, come uma parte e despeja a outra na boca de Brutus.
Também em dois episódios, Olívia Palito prova o espinafre e ganha força. Em “Never Kick A Woman” (1936), ela usa o artifício para bater numa professora de ginástica que está se engraçando com Popeye. Mas ela também bate no marinheiro por ele responder à cantada. Em “Ballet-Hooey” (1978), Olívia come espinafre para dar uma lição em Popeye e Brutus, que interrompem a sua apresentação de balé.
No auge da fama, o desenho animado ajudou a aumentar em 30% o consumo de espinafre nos Estados Unidos.

Leia também: 10 curiosidades sobre o Popeye

 

Artigos Relacionados

Quem inventou o Dia Internacional Eu Odeio Coentro (23/02)?

Quem inventou o Dia Internacional Eu Odeio Coentro (23/02)?

A data foi criada em 2017 por uma página de Facebook, a "I Hate Coriander" (Eu Odeio Coentro, em inglês), inventada por um austríaco. A página chama o coentro de "erva do diabo". Os egípcios antigos já usavam o coentro, mas não como tempero. Ele era considerado uma...

Maior colecionador de Monopoly do mundo não gosta do jogo

Maior colecionador de Monopoly do mundo não gosta do jogo

O inglês Neil Scall, 51 anos, residente em Sussex, a 88 quilômetros de Londres, entrou para o Guinness Book em julho de 2016. Ele é desde então dono da maior coleção do jogo Monopoly no mundo (no Brasil, o famoso jogo de tabuleiro atende também pelo nome de Banco...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This