Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Xadrez

24 de abril de 2019

 

O jogo de xadrez vem do Oriente antigo. A primeira referência a ele está em textos persas do século VI. A origem, porém, é ainda um tanto incerta. Duas peças de xadrez, feitas de marfim, datadas do século II, foram encontradas em 1973 em escavações no Usbequistão.

A lenda mais famosa é a do rei hindu Iadava, que estava muito triste por causa da morte de seu filho, Adjamir. Nada conseguia alegrá-lo. Até que apareceu na corte um jovem chamado Lahur Sessa, que trazia um novo jogo que desenvolvia a paciência e a prudência. Sobre um tabuleiro quadrado, dividido em 64 casas iguais, Sessa começou a distribuir as peças brancas e pretas: soldados em pé (peões), elefantes de guerra (depois rebatizados de torres), cavalaria (cavalo), vizires (bispos), o rei e a rainha. O rei adorou o jogo e Sessa ganhou o título de conselheiro. O jogo recebeu inicialmente o nome de chaturana, que significa “exército formado por quatro membros”.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

No Brasil

No Brasil

  Em maio de 1983, a Philips põe no mercado o Odyssey, com 35% de peças brasileiras e cerca de 60 cartuchos. Em agosto, surge o Atari 2600, que já vem com o jogo Missile Comand. Outros cartuchos que viraram febre são Hero, Enduro, River Raid e Space Invaders....

Mancala

Mancala

É um nome genérico para mais de 200 jogos, semelhantes entre si e originários do Egito antigo. Todos simbolizam a época da plantação e colheita, e possuem de 3500 a 7000 anos. Vestígios de seus tabuleiros foram...

10 jogos clássicos

10 jogos clássicos

Baralho Não se sabe ao certo nem quando nem onde os jogos de cartas apareceram pela primeira vez. Provavelmente, as cartas surgiram na China, no século X. No início eram simples tiras de papel, marcadas com conchas de pedras, flechas e ossos, usadas em rituais de...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This