Hermann Kemper (1892-1977) foi o engenheiro alemão que se tornou “pai do trem magnético”. Ele imaginou, em 1934, um trem movido por imãs que flutuava em um sistema de tubos à vácuo e andava a mil quilômetros por hora. A idéia de Kemper foi registrada e colocada em prática na década de 90. Os trens suspensos sem rodas são movidos por campos magnéticos que, além de manter os vagões suspensos, ainda os impulsionam para frente.