Personagens de HQs e desenhos que já tiveram outros nomes no Brasil

20 de março de 2021

No início dos anos 1970, os redatores do gibi “Almanaque Aventura”, publicado pela Editora O Cruzeiro, deram a Scooby Doo o nome de Purunga. Era raro o uso de nomes estrangeirados. Mesmo depois da popularização do desenho animado, os amigos de Scooby receberam nomes diferentes na revista “Heróis da TV”, da Editora Abril. Salsicha virou Barbicha; Velma, Vilma; e Daphne, Diana. Outro cão da turma da Hanna-Barbera que ganhou um nome estranho no Brasil foi Mutley. Ele já foi chamado de Pilantra.

Veja aqui outra relação preparada pelo especialista Marcelo Alencar:

Kermitt Caco Sapo
Thinkerbell Sininho
Ursinho PoohUrsinho Puff
Peter ParkerPedro Prado
Mary JaneMaria Joana
John Jonah JamesonJoão Jonas Jaime
Demolidor (Daredevil) Defensor Destemido
Mulher-MaravilhaMiss América
Clark KentEduardo Kent
Lois Lane Miriam Lane

Nas primeiras histórias publicadas no Brasil, em 1940, Batman era conhecido como Morcego Negro, e sua identidade secreta era Bruno Miller, e não Bruce Wayne. O nome da cidade Gotham City também foi alterado na versão brasileira — virou Riacho Doce.

Artigos Relacionados

Preconceito e racismo nos quadrinhos da Segunda Guerra

Preconceito e racismo nos quadrinhos da Segunda Guerra

Durante a Segunda Guerra Mundial, além de filmes e desenhos animados, histórias em quadrinhos recheadas de preconceito e racismo fizeram parte da propaganda bélica. Em 1940, por exemplo, surgiram os "super-heróis com tema patriótico". O primeiro foi "The Shield” e, 14...

O lado sombrio das princesas

O lado sombrio das princesas

Em 2000, os Estúdios Disney lançaram a franquia Disney Princess (Princesas Disney) com o maior sucesso. O que poucas crianças sabem é que boa parte delas são baseadas em contos de fadas muito antigos - e um tanto sombrios. Mas, para garantir uma boa bilheteria, Walt...

Quando os desenhos foram para a guerra

Quando os desenhos foram para a guerra

Durante a Segunda Guerra Mundial, os desenhos animados foram uma poderosa ferramenta da propaganda de guerra. Não só para os americanos. Em 1942, a Paramount Pictures lançou um desenho com o Marinheiro Popeye derrotando um navio de guerra japonês. No ano seguinte,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This