1. O primeiro instrumento que John Lennon aprendeu a tocar foi o banjo, ensinado por sua mãe, Julia. JOHN LENNON 1
  2. Em 1966, ele causou polêmica ao afirmar, em entrevista à revista “Datebook”, que os Beatles eram mais famosos que Jesus Cristo. Ele tentou justificar em entrevistas que, na verdade, a imprensa teria divulgado a frase fora do contexto original. “Eu quis dizer que os jovens falavam mais dos Beatles do que de Jesus Cristo”, explicou John Lennon. Em novembro de 2008, 42 anos depois da declaração, a Igreja Católica perdoou Lennon pela blasfêmia.
  3. No disco “Two Virgins” (1968), John Lennon e Yoko Ono aparecem nus na capa.
  4. O disco solo mais famoso do cantor é “Imagine”, lançado em 1971.
  5. No dia 8 de dezembro de 1980, John Lennon foi assassinado a tiros pelo fã Mark Chapman, em Nova York. Seu filho Julian tinha 17 anos na época, a mesma idade que John tinha quando sua mãe morreu assassinada por um motorista bêbado. Chapman confessou o crime quase um ano depois, em 22 de junho de 1981.
  6. Um chinês pagou 4 mil dólares por uma mecha do cabelo de John Lennon em um leilão organizado pela Feira de Discos do Colecionador de Girona, na Espanha. O “souvenir” foi dado pelo cantor a um fã no dia 26 de agosto de 1964, em um show em Denver, Estados Unidos.
  7. A primeira mulher de Lennon, Cynthia Powell, publicou em 2005 uma biografia sobre o cantor. Ela revelou que o Beatle era violento e tinha sérias crises de ciúme, durante as quais costumava agredi-la. Em um dos trechos da obra, conta que foi espancada pelo músico no banheiro da escola, porque tinha sido vista dançando com um colega de classe. O casal ficou junto de 1962 a 1969, e teve um filho junto, Julian.
  8. Durante a viagem dos Beatles para a Índia, em 1968, o cantor esqueceu Cynthia em uma estação de trem.
  9. A capa da “Rolling Stone” em que John Lennon aparece nu, em posição fetal, abraçado sua esposa Yoko, foi eleita a melhor capa de revista norte-americana. A edição saiu nas bancas em 1981. A seleção, feita pela Sociedade Americana de Editores de Revistas, avaliou 450 capas publicadas pela “Time”, “Newsweek”, “Esquire” e “National Geographic”, entre outras.
  10. A música “Imagine”, de John Lennon, é a mais rejeitada em funerais britânicos. Os padres têm o direito de barrar a execução de músicas inapropriadas. “Imagine” é geralmente contestada pelo verso “Imagine there’s no heaven” (“imagine que não exista o paraíso”). JOHN LENNON

Leia também: O dia do assassinato de John Lennon