O upir ou vampir, mito eslavo, era um ser morto que retornava para assustar os vivos e se alimentar de sangue. Foi dessa lenda que surgiu a idéia do contágio, em que uma pessoa atacada por um vampiro se tornaria outro vampiro. Essas criaturas são as que mais lembram os vampiros atuais.