Era a lenda babilônica de mortos não-sepultados que retornavam para assombrar e se alimentar dos vivos. Para detê-los era preciso enterrar os corpos deles.