Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Minotauro

24 de abril de 2019

  1. A figura mitológica com cabeça de touro é um monstro que atazanou por muito tempo a vida do rei de Creta, Minos.
     
  2. Nasceu de um “romance” da esposa do monarca, Pasifaé, com um touro branco, enviado ao casal pelo deus dos mares Posêidon.
     
  3. O animal deveria ser sacrificado em honra do imortal.Diante da recusa de Minos em cumprir suas ordens, Posêidon fez com que Pasifaé se apaixonasse pelo bicho.
  4. A fera, aprisionada ainda recém-nascida em um labirinto construído pelo arquiteto Dédalus, se alimentava de jovens atenienses.Na época, Atenas havia perdido uma batalha para Creta e estava sob seu domínio. Por isso, tinha que enviar a cada 9 anos sete rapazes e sete virgens “de presente” para o Minotauro.
     
  5. Foi o guerreiro Teseu quem acabou com essa prática. O herói foi ao labirinto, prendeu a ponta de um novelo de lã na entrada e saiu em busca da besta. Depois de matá-la, voltou seguindo o rastro da lã desenrolada.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Alma Penada

Alma Penada

  Alma de pessoa morta que continua vagando na terra. Geralmente, essa pessoa cometeu algum crime hediondo e sua alma está pagando por isso. Existe uma variação conhecida como Angoera, alma de uma pessoa muito ruim, que não foi para o outro mundo. Ficou morando...

Labatut

Labatut

  É um monstro com forma humana, antropófago, que vive na fronteira do Ceará e do Rio Grande do Norte. Ele mora, segundo os cidadãos mais antigos da região, no fim do mundo e todas as noites percorre as cidades para saciar a fome. Ele gosta mais de crianças,...

Ana Jansen

Ana Jansen

  Não há em São Luís do Maranhão quem nunca tenha ouvido falar de Ana Jansen, comerciante que no início do século XIX acumulou riqueza e exerceu forte influência na cidade. Dizem que ela cometia as maiores atrocidades contra os seus escravos. Os maranhenses...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This