Na Amazônia, existe a lenda da anta-cachorro, um animal enorme que tem a forma de onça e patas com casco de anta. Se estiver perseguindo alguém que suba numa árvore, o bicho cava a terra até que a árvore em que se refugiam seus inimigos caia. No Rio Grande do Norte, existiu também o caso da anta esfolada, um animal que teria sido exorcizado por um missionário capuchinho nas primeiras décadas do Século XIX.