Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Fãs que colocaram seus ídolos em apuros

24 de abril de 2019
Adriana Calcanhoto
Uma fã invadiu a casa da cantora em 12 de maio de 2005. Logo que entrou na propriedade, a polícia já a interceptou e prendeu. Adriana estava no local no momento, mas nada sofreu.
Elijah Wood
Durante as filmagens de “Uma Vida Iluminada” (2005) na República Tcheca, o ator teve que pedir a intervenção da polícia porque uma fã o estava molestando. O ator fez enorme sucesso interpretando o hobbit Frodo na trilogia “O Senhor dos Anéis”.
Jill Dando
Um funcionário da BBC matou a apresentadora à porta de sua casa em Londres (Inglaterra). O criminoso era obcecado pelos astros da rede inglesa. Foi condenado à prisão perpétua.
Madonna
Um fã a obrigou a ficar trancada por meia hora em um camarim da rede de televisão norte-americana BBC. O rapaz comprou um ingresso por 500 euros para ver a gravação do programa “Top of the Pops”, do qual participava sua musa. Depois, fez plantão nos bastidores para vê-la de perto, obrigando-a a se esconder. Esse mesmo admirador já havia tentado entrar na casa da superstar se passando por um entregador de flores, mas foi barrado pelos seguranças.
Guy Ritchie
Um jovem fã de 16 anos da Madonna ameaçou de morte o ex-marido da cantora, Guy Ritchie. Vestido de preto e segurando uma faca, o garoto teria invadido a locação do filme “Sherlock Holmes”, dirigido por Ritchie, gritando “Onde está Guy? Eu o mato!” e “Eu sou o maior fã da Madonna!”. O incidente teria acontecido em novembro de 2008 – dias após o fim do casamento de 8 anos de Madonna e Guy Ritchie – segundo o tablóide inglês “Sunday Mirror”.
Maria Cristina Poli
Um analista de sistemas acabou indiciado por ameaça e constrangimento ilegal ao enviar e-mails de cunho sexual para a apresentadora. Foram quase 200 mensagens de “conteúdo impublicável”, conforme declarou a jornalista.
Michael Douglas
Em 8 de julho de 2005, Dawnette Knight foi condenada a 3 anos de prisão por perseguir Catherine Zeta-Jones, mulher do ator. Dawanette chegou a enviar cartas a conhecidos e parentes da estrela, dizendo que iria “fatiá-la como um filé e jogá-la aos cães” e que já havia tido um caso com Michael.
Mônica Seles
A tenista foi esfaqueada durante a semi-final do Torneio Citizen Cup de Hamburgo de 1993. O autor do crime declarou depois ser fã da alemã Steffi Graf, principal rival de Seles e provável adversária no final do campeonato. Segundo ele, sua intenção com a agressão era impossibilitar a atleta de disputar a partida. O tribunal condenou o obcecado a dois anos de prisão.
Paula Abdul
Uma fã de Paula Abdul foi encontrada morta perto da casa da cantora e jurada do programa “American Idol”, em novembro de 2008.  O corpo de Paula Goodspeed, 30 anos, foi encontrado em um carro estacionado perto da casa de Paula Abdul, em Los Angeles. A polícia acredita que se tratou de suicídio. A fã chegou a participar da seleção do American Idol em 2005, mas foi reprovada depois de cantar a música “Proud Mary” e confessar que fazia desenhos em tamanho de real de Paula Abdul desde a infância. O carro em que o corpo foi encontrado tinha uma foto de Abdul pendurada no retrovisor e a placa “ABL LV”, suposta abreviação para “Abdul Love” (“Amor de Abdul”).
Ronald Reagan
O norte-americano John Hinckley tentou assassinar o ex-presidente apenas para chamar a atenção da atriz Jodie Foster. Mesmo depois de preso, ele continuou enviando cartas e poemas à estrela.
Sandy
Em 29 de novembro de 2005, a polícia prendeu o catador de papel José Carlos da Silva. Ele vinha assediando a cantora há algum tempo, tentando lhe extorquir em 200 mil reais. Segundo José, o dinheiro o ajudaria a reerguer sua vida, que ficou abalada depois da separação da esposa. O rompimento teria ocorrido após um suposto romance com Sandy.
Serena e Venus Williams
As tenistas foram importunadas pelo alemão Albrecht Stromeyer. Ele tentou entrar na casa das irmãs se passando por inspetor antidoping. Acabou sendo preso e condenado a pagar 300 libras de multa.
Sharon Stone
Em março de 2001, um homem chamado Agostino P’Omato foi até a casa de Sharon Stone, em Los Angeles (EUA), e insistiu em falar com a atriz. Ele disse ter saído da Itália e ido até lá para se casar com ela. Acabou internado em um manicômio e proibido de se aproximar de Sharon, de seu marido e do filho do casal.
Xuxa
O estudante Flávio Keine Vieira da Silva pulou o muro e entrou na residência da apresentadora em 30 de junho de 2005. Ele foi barrado pelos seguranças quando já estava bem perto da entrada da casa. Preso, acabou autuado por violação de domicílio. A família afirmou que o rapaz estava com distúrbios neurológicos. Xuxa não se encontrava no local. Estava viajando com a filha Sasha.

 

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Princesa Diana ganha placa azul em Londres

Princesa Diana ganha placa azul em Londres

As famosas placas azuis londrinas identificam locais em que personalidades viveram em Londres. Há algumas regras estabelecidas pela comissão que cuida disso. Os homenageados devem ter nascido há mais de 100 anos e precisam ter morrido há pelo menos 20 anos. O primeiro...

Por dentro do Memorial Clara Nunes

Por dentro do Memorial Clara Nunes

O Memorial Clara Nunes, em Caetanópolis-MG, cidade natal da cantora, acaba de completar nove anos. O museu, que já tem 10 mil itens catalogados, está fechado para reformas estruturais no momento. Conversamos com o historiador...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica A bandeira brasileira com uma estrela vermelha