Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O que é o “cheiro de carro novo”?

24 de abril de 2019

Segundo Joel Leite, da agência Autoinforme, o cheiro de carro novo não é obra do acaso. Ele é uma união do cheiro das dezenas de materiais que formam o veículo. O resultado final se dá através da liberação de resíduos químicos no ar: plástico, tecido e cola são alguns dos odores expelidos que, quando reunidos no ar, criam aquele odor característico: “É um fenômeno não renovável, de curta duração”, explica Joel.

Segundo Leite, as montadoras conferem um odor especial a cada produto para que o “cheiro do carro novo” seja perceptível, mas não a ponto de incomodar o motorista e os passageiros. As combinações entre os aromas dos materiais vão sendo testadas uma a uma e em conjunto, sempre na base do “tentativa e erro”, até que se chegue a uma composição agradável. “Se for o caso troca-se até de fornecedor por causa do cheiro”, diz Joel.

Além disso, existem aromatizantes artificiais que “rejuvenescem” um carro e lhe dão o tal “cheiro de carro novo”.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A verdadeira história da bala 7 Belo

A verdadeira história da bala 7 Belo

Escrevi para a assessoria de imprensa da Arcor, dona da marca 7 Belo desde 2001, pedindo ajuda para contar a história da bala cinquentenária. O departamento de marketing não quis passar informações. No baralho, 7 Belo é o apelido da carta "7 de Ouros", que ilustra a...

A origem dos bolinhos madeleines

A origem dos bolinhos madeleines

As madeleines têm uma função muito importante na monumental obra de Marcel Proust. "Em busca do tempo perdido", o autor francês utiliza o momento em que a tia mergulha um bolinho na xícara de chá para evocar saborosas lembranças. [yotuwp type="videos" id="7h9WokS7PoQ"...

A origem do nome e da embalagem das batatas Pringles

A origem do nome e da embalagem das batatas Pringles

A batata frita Pringles foi lançada no mercado americano em 1968. Até 1986, o nome tinha um apóstrofo (Pringle's). Depois virou uma palavra só. A escolha do nome foi bastante curiosa. Fizeram uma pesquisa na lista telefônica de Cincinatti. Encontraram no subúrbio da...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This