Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Como fazer um clone

24 de abril de 2019

 

Para fazer um clone, os cientistas usam o método da transferência nuclear — o mesmo usado para criar a ovelha Dolly, em 1997. Saiba com detalhes como é esse processo de fabricação de um clone:

  • A matriz a ser clonada doa uma célula qualquer, exceto o óvulo ou o espermatozóide, porque esse tipo de célula só tem metade da informação genética, o que não é suficiente para se produzir um indivíduo.
  • Um indivíduo qualquer doa um óvulo e seu núcleo, onde estava toda a informação genética, é retirado. Assim, o óvulo passa a ficar sem identidade.
  • A célula da matriz é colocada em um óvulo sem núcleo e se mistura a ele.
  • O óvulo é fecundado com um choque de 4.500 volts porque, se isso fosse feito por um espermatozóide, as informações genéticas dos dois se misturariam, dando origem a um indivíduo diferente da matriz.
  • Após a “fecundação elétrica”, o óvulo começa a se dividir e, geralmente entre cinco e nove dias, é implantado em uma barriga de aluguel, onde permanece até o final da gestação.

Livro conta curiosidades sobre sexo.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Quem é a Maria que deu nome à Bolacha Maria?

Quem é a Maria que deu nome à Bolacha Maria?

A Bolacha Maria foi criada em 1874 por uma padaria inglesa, a Peek Freans, para celebrar o casamento de Alfredo Ernesto Alberto, o Duque de Edimburgo, com a grã-duquesa Maria Alexandrovna, da Rússia, no dia 23 de janeiro daquele ano. Todas as bolachas servidas na...

A verdadeira história da bala 7 Belo

A verdadeira história da bala 7 Belo

Escrevi para a assessoria de imprensa da Arcor, dona da marca 7 Belo desde 2001, pedindo ajuda para contar a história da bala cinquentenária. O departamento de marketing não quis passar informações. No jogo de cartas, 7 Belo é o apelido que a carta “7 de ouros” ganhou...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This