O que o bombom Ferrero Rocher tem a ver com Nossa Senhora? Michele Ferrero, filho de Pietro Ferrero, fundador da marca, lançou o bombom em 1982. O jornal inglês “The Guardian” foi o primeiro a publicar a história. Católico fervoroso, Michele visitava todos os anos o santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França. Levava sempre executivos e funcionários da fábrica com ele. Todos os endereços da Ferrero, escritórios ou fábricas, em qualquer parte do mundo, têm uma imagem de Nossa Senhora.

O nome “rocher”, que é rocha em francês, vem de Rocher de Massabielle, local das aparições da Virgem Maria para a garota Bernadette Soubirous, de 14 anos, em 1858. A primeira aconteceu em 11 de fevereiro. Foram dezoito visões no total, até  julho daquele ano. Bernadette foi canonizada em 1933 e agora é Santa Bernadette.

O Santuário de Nossa Senhora de Lourdes é um dos mais importantes centros de peregrinação e turismo religioso do mundo. A cobertura do Ferrero Rocher se parece mesmo com as rochas da região da gruta onde está a imagem de Nossa Senhora.

Quando morreu em 2015, aos 89 anos, Michele Ferrero era o homem mais rico da Itália.