Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Twitter ajuda jornalistas a encontrar personagens

15 de abril de 2010

– O que você faz?
– Sou jornalista – respondo.
– Ah, então me conta uma coisa… Como vocês fazem para descobrir histórias tão interessantes?
Essa é uma curiosidade que muita gente tem. Como os jornalistas conseguem encontrar seus personagens? Em uma reportagem sobre ciúme doentio, como o repórter arruma exatamente aquela mulher que foi abandonada por três namorados porque revirava loucamente os pertences de todos eles?
Não existe uma maneira certa de encontrá-los. O primeiro passo é pedir  ajuda aos amigos. E depois aos amigos dos amigos, conhecidos, parentes… O importante é achá-los!

Ajude um Repórter · Catarse

Como algumas pautas parecem mesmo “missão impossível”, o relações públicas Gustavo Carneiro resolveu nos dar uma mão, criando o “Ajude um Repórter”. É o primeiro perfil no Twitter feito especialmente para socorrer produtores e repórteres com pedidos dos mais variados. Para os jornalistas dos EUA, já existia o “Help a Reporter”, do Facebook, e o blog “Pitch With Me”.
E a gente pena mesmo. Não acredita? Então dê uma olhada em alguns posts recentes do “Ajude um Repórter”:

O @anclar procura sorocabanos na China
A nuriaoliveira@tododia.com.br procura alguém que já tenha sido cobaia humana
A @Analuizalv procura homem bem-sucedido, 30-55 anos, fotogênico, que fale sobre as mentiras que já contou pro médico.
A @flaviamreis procura um superendividado (que tenha perdido bens, brigado com família, etc),que tenha conseguido dar a volta por cima
waquino@istoe.com.br procura pessoa q tenha voz sedutora – e que já tenha iniciado um namoro após conquistar alguém pela voz
O @rafael_lins83 procura um cover do #Cazuza, se possível em São Paulo

O jornalista que está à procura de personagens envia uma mensagem pelo Twiter para o “Ajude um Repórter” com a hashtag #ARPO. Eles retwittam o pedido e a rede de seguidores se mobiliza para ajudar. Para quem não está familiarizado com as  redes sociais, é possível também pedir socorro pelo site do “Ajude um Repórter”, enviando a solicitação por e-mail diretamente para Carneiro, que espalha o pedido com a ajuda da também RP Ana Cláudia Gallo.
O perfil no “Ajude um Repórter” no Twitter existe desde 4 de março deste ano, e já ultrapassou a marca de 2000 seguidores. “Hoje, o perfil ganha entre 50 e 100 novos seguidores por dia”, afirma Gustavo. A classe agradece!

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Quantos habitantes somos na Terra neste exato momento?

Quantos habitantes somos na Terra neste exato momento?

Contar em tempo real a variação da população terrestre parece ser tarefa impossível. Será mesmo? O site do Population Reference Bureau (PRB), órgão sem fins lucrativos da cidade de Washington (Estados Unidos), traz em sua página inicial um relógio cujo objetivo é...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This