Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Ernesto – Chê Guevara

24 de abril de 2019

 

  • Ernesto Guevara de La Serna nasceu na cidade de Rosário, Argentina, no dia 14 de junho de 1928.
  • Aos 2 anos passou a sofrer de asma, doença que o perseguiu por toda a vida.
  • No dia 1º de janeiro de 1950, Che partiu em uma viagem de bicicleta, equipada com um pequeno motor, para percorrer o interior da Argentina.
  • Formou-se em Medicina, na cidade de Buenos Aires, no ano de 1953. Especializou-se em dermatologia, mas não exerceu a profissão.
  • Che conheceu Fidel Castro no México, junto com exilados cubanos do Movimento 26 de Julho.
  • A foto mais famosa do revolucionário foi tirada pelo cubano Alberto Korda. A imagem chegou a ser utilizada como estampa de uma linha de bíquinis. Também virou em 1995 símbolo da torcida do São Paulo.
  • Em 1955, no México, Che casou-se com a militante peruana Hilda Gadea, com quem teve uma filha. Cinco anos depois, separou-se e casou com Aleida March. O casal teve quatro filhos.
  • “Ramón” era seu apelido quando fazia parte da guerrilha na Bolívia, na década de 1960.
  • Em agosto de 1961, o presidente Jânio Quadros condecorou Che, na época Ministro da Indústria de Cuba, com a Ordem do Cruzeiro do Sul.
  • Na reunião da ONU, em 1964, Che fez um discurso contra o imperialismo americano e a favor da luta do Vietnã.
  • No dia 8 de outubro de 1967, o grupo de Che foi cercado por tropas militares no povoado de La Higuera, interior da Bolívia. Houve tiroteio, Che foi atingido na perna e acabou se rendendo. Levaram-no para um casebre que servia como escola rural. No dia seguinte, por ordens da CIA, ele foi morto por militares bolivianos. Depois, levaram seu corpo para Vallegrande, onde ficou exposto numa lavanderia de um pequeno hospital. Suas mãos foram amputadas para a conferência das impressões na Argentina.
  • Junto com outras sete pessoas, Che foi sepultado numa cova anônima. Somente 28 anos depois, um general reformado revelou o local onde o enterrara. Após dois anos de buscas, os ossos do guerrilheiro foram encontrados e transferidos para Cuba.
  • Em 2004, estreou nos cinemas Diários de Motocicleta, filme dirigido pelo brasileiro Walter Salles que narra uma viagem de Che pela América Latina a bordo de uma moto. A história se passa antes dos tempos de guerrilha, quando Che foi acompanhado pelo bioquímico Alberto Granado. O longa ganhou o Oscar de Melhor Canção pela música O Outro Lado do Rio, do uruguaio Jorge Drexler.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Arremesso de ovos na Dama de Ferro

Arremesso de ovos na Dama de Ferro

Um grupo de Facebook reuniu cerca de 15 mil interessados em participar de uma competição de arremessos de ovos na nova estátua da ex-primeira-ministra britânica Margareth Thatcher. Foi a forma que encontraram para protestar contra a estátua de bronze de 6 metros de...

Qual é a diferença entre plebiscito e referendo?

Qual é a diferença entre plebiscito e referendo?

Um referendo é proposto quando os cidadãos devem decidir sobre um assunto importante para o futuro da nação. Tanto o plebiscito quanto o referendo são formas de o governo consultar a sociedade sobre um tema específico. No caso do referendo, os cidadãos respondem a uma...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This