No dia 13 de janeiro de 2013, os roqueiros veteranos do Black Sabbath divulgaram o lançamento de seu novo álbum… “13”! Pela primeira vez em 35 anos, Ozzy Osbourne, integrante da formação original da banda, voltará aos vocais. A previsão é que o CD chegue às lojas no mês de junho.

O motivo da escolha do nome não tem a ver com superstição – 13 é uma referência ao ano de lançamento do aguardado CD –, mas, por enquanto, o número não trouxe boa sorte aos membros da banda. Durante as gravações, o Black Sabbath passou por bons bocados. Em janeiro de 2012, o guitarrista Tommy Iommi foi diagnosticado com linfoma. Em maio, o baterista Bill Ward abandonou o projeto, por não ter concordado com termos do contrato.

Associar o número 13 ao azar é a tradição mais difundida no mundo. Isso pode ser explicado por sua relação com o calendário lunar, segundo o qual há 12,41 ciclos lunares por ano. Portanto, o ano deveria ter 12 meses completos e um 13o mês reduzido, esquisito e… azarento.

O Blog do Curioso encontrou 13 curiosidades sobre o número 13:

  • Quem tem medo do número 13 é triscaidecafóbico. A palavra vem dos termos gregos para “treze” e “fobia”. Os que temem as sextas-feiras 13 são chamados de parascavedecatriafóbicos.
  • Havia 13 pessoas na Última Ceia de Jesus Cristo (ele e os 12 apóstolos). Judas Iscariotes, o traidor, foi o 13o a sentar-se na mesa. Jesus foi crucificado na sexta-feira seguinte. É por isso que, nas culturas cristãs, a sexta-feira é considerada um dia de azar. De acordo com a Bíblia, foi também numa sexta-feira que Adão e Eva caíram na tentação. A enchente de Noé também começou numa sexta-feira.
  • Há quem acredite que, quando 13 pessoas sentam-se para jantar, a morte de uma delas está premeditada. No restaurante do Hotel Savoy, em Londres, eles levam isso a sério. Se você fizer uma reserva para 13 pessoas, será preparada uma mesa para 14. O 14o lugar da mesa não ficará vazio: ele será ocupado por uma estátua em forma de gato, espécie de mascote do hotel.
  • Um terrível acidente aconteceu com a Apollo 13 da Nasa. A missão para a Lua partiu às 13h13min13s de 11 de abril de 1970. No dia 13 (!), o tanque de oxigênio no módulo de serviço explodiu, forçando a tripulação a permanecer em condições mínimas de sobrevivência durante seis dias. O desastre só não foi maior porque os três astronautas conseguiram voltar para a Terra, sobrevivendo ao acidente. A aventura virou um filme estrelado por Tom Hanks, em 1995: “Apollo 13: Do Desastre ao Triunfo”, indicado a nove estatuetas do Oscar. Ganhou duas.
  • Outro desastre que ficou marcado na história foi o da aeronave Columbia, também da NASA, que explodiu ao reentrar na atmosfera, matando todos os tripulantes. O que essa tragédia tem a ver com o número 13? A nave foi lançada no espaço no dia 16/01/2003. 1+6+0+1+2+0+0+3 = 13.
  • Alguns hotéis e hospitais não têm quartos número 13. Cerca de 80% dos arranha-céus norte-americanos não tem o 13o andar. Alguns aeroportos não têm o portão de embarque 13. Tudo para evitar o azar.
  • O número 13 foi banido da loteria italiana. Eles parecem levar a superstição a sério: na cidade de Florença, casas que ficam entre os números 12 e 14 são marcadas como 12,5. E na região de Campanha, o termo “tredici” (derivado da palavra 13) quer dizer “má sorte”.
  • Durante um bom tempo, o número 13 ficou proibido nos carros da Fórmula 1. Só dois pilotos usaram o número desde que a categoria foi criada em 1950. Os dois eram latinos. O primeiro foi o mexicano Moisés Solana, competindo pela BRM, em 1963. Ele disputou uma única corrida e o carro quebrou. O 13 só voltaria a ser usado em 2014 pelo venezuelano Pastor Maldonado, correndo pela Lotus. O que se conta é que aconteceram dois acidentes fatais com carros que usavam esse número, um em 1925 e outro em 1926. Pronto: o 13 se tornou amaldiçoado nas pistas. A inglesa Divina Galica escolheu o 13 em sua passagem pela escuderia Surtees para a disputa do GP da Inglaterra de 1976, mas não se classificou para a corrida. Ah, ela nasceu num 13 de agosto.
  • Antigamente, na Inglaterra, as sextas-feiras eram dias de execuções em praça pública, como enforcamentos e decapitações. No enforcamento tradicional, 13 degraus levavam o condenado à forca. Como se não bastasse, são necessárias 13 manobras para se fazer o nó da forca. Qualquer nó feito com mais ou menos manobras não resulta em uma execução perfeita.
  • Alfred Hitchcock se dizia perseguido pelo número 13. Por causa disso, ele batizou seu primeiro filme de “Number 13” (“número 13”). E não é que deu azar? Com o dinheiro que tinha na época (1922), Hitchcock só conseguiu rodar algumas cenas do filme mudo. O roteiro acabou se perdendo com o tempo. E o filme contendo as poucas cenas gravadas foi reciclado pelo estúdio. O centenário do nascimento mestre do terror foi comemorado no dia 13 de agosto de 1999, uma sexta-feira 13.
  • No baralho de tarô, a carta número 13 é a carta da morte. Simbolicamente, “13” é a unidade que sucede um dodecadenário, ciclo representado por 12 unidades. A morte viria, portanto, depois do fim de um ciclo.
  • A Microsoft já provou ser uma empresa que acredita na superstição. O pacote Microsoft Office pulou direto da versão 12 (Office 2007) para a 14 (Office 2010). Tudo para não atrair azar.
  • A Tailândia é um dos poucos países que negam a tradição do 13 azarento. Lá, o número é relacionado com a boa sorte. O Ano Novo tailandês, inclusive, é comemorado no dia 13 de abril. Nesse dia, eles jogam água uns nos outros, para lavar os maus agouros.

O 13 dá azar para todo mundo?
O técnico de futebol Zagallo, um dos mais vitoriosos do mundo, usava o 13 como seu número de sorte. A mulher dele, Alcina de Castro Zagallo, era devota de Santo Antônio e gostava do número (o Dia de Santo Antônio é comemorado em 13 de junho). Uma das principais diversões de Zagallo era fazer contas mirabolantes para provar que o 13 lhe trazia bons resultados. Ele foi campeão mundial pela Seleção Brasileira pela primeira vez em 1958. 5+ 8 dá 13. Ele começou a carreira de treinador no Botafogo em 1967. 6 + 7 é igual a 13. Curioso demais. Que somam 13 letras.

Leia também:
13 curiosidades sobre a sexta-feira 13
Jason: o vilão de “Sexta-Feira 13”

Quem inventou o medo da sexta-feira 13?