Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Por que a abelha morre ao picar uma pessoa?

4 de agosto de 2020

A abelha operária, encarregada da proteção da colmeia, tem um ferrão com pequenas farpas, o que impede que seja retirado com facilidade da pele humana. Depois de dar a ferroada, a abelha tenta escapar. Por causa das farpas, a parte posterior do abdome, onde se localiza o ferrão, fica presa na pele da pessoa e a abelha morre. Já ao picar insetos, a abelha consegue retirar as farpas da vítima e sobrevive.

Leia também:
10 curiosidades sobre abelhas
Qual é a quantidade de mel que uma abelha consegue produzir?
Se o refrigerante diet não tem açúcar, por que as abelhas ficam rondando a latinha?

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Como os abutres conseguem comer carne podre?

Como os abutres conseguem comer carne podre?

Como os abutres podem comer carne podre e potencialmente contaminada sem ficarem doentes? O ácido do estômago deles está entre os mais corrosivos do reino animal. Os abutres podem digerir carne contaminada - com coisas como botulismo, antraz e cólera - sem adoecer e,...

Por que os finlandeses pintam os chifres das renas?

Por que os finlandeses pintam os chifres das renas?

As puxadoras oficiais do trenó de Papai Noel também são conhecidas pelo nome de caribu. Vivem no Hemisfério Norte, podem alcançar 1,2 metro de altura e 250 quilos de peso. Suas patas são largas e próprias para andar e correr na neve sem afundar. Tanto machos como...

Como as minhocas respiram debaixo da terra?

Como as minhocas respiram debaixo da terra?

As minhocas não têm nariz e não possuem pulmões, mas conseguem respirar mesmo vivendo debaixo da terra. "Elas respiram de uma maneira diferente, através da pele", explica o biólogo Guilherme Domenichelli, autor de "Girafa tem torcicolo?". "É a chamada respiração...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This