Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Os melhores hambúrgueres dos Estados Unidos

22 de agosto de 2010

Dono da pequena hamburgueria St. Louis (Rua dos Batatais, 242), uma das melhores de São Paulo, o chef paulistano Luiz Cintra resolveu comemorar os 30 anos de casamento com um roteiro de dar água na boca. Ao longo de 12 dias, Luiz e a mulher, Dulce, visitaram quatro Estados, cinco cidades e sete lanchonetes dos Estados Unidos em busca do hambúrguer perfeito. Os estabelecimentos hamburgueiros foram escolhidos a dedo: eles figuram em todas as listas de melhores hambúrgueres americanos. O saldo? Três quilos a mais e um verdadeiro guia de hambúrgueres da Terra do Tio Sam. Até um novo hambúrguer, o “Pepper Crust”, que entrou no cardápio do St. Louis esta semana, foi inspirado no cardápio do The Grind, em Phoenix, no Arizona. Confira:

Burguer Joint  (Nova York)


Instalado no meio de um hotel cinco estrelas em Manhattan, o Burger Joint limita-se a fazer só um bom tipo de sanduíche: o hambúrguer americano clássico, com carne, queijo, alface, tomate, cebola e picles. Mas o que realmente chamou a atenção de Luiz foi o ambiente simples, em contraste com o luxo do hotel: “Você entra por trás de uma cortina de pano e parece que entrou em um boteco da 25 de março bem no meio do hotel”, brinca.

The Stoned Crown (Nova York)


Localizado em uma rua escondida da badalação nova-iorquina e com ares de inferninho underground, o cardápio do Stoned Crown tem cinco tipos de sanduíche e nenhum turista sentado em suas mesas. “É um lugar bem exclusivo”, conta Luiz. “Até por isso é bem mais autêntico e americanizado”.

Shake Shack (Nova York e Miami)


Para experimentar o hambúrguer da rede Shake Shack, Luiz e Dulce enfrentaram uma hora de espera em uma fila no Madison Square Park. O modelo da lanchonete é semelhante ao de uma rede de fast-food: o cliente pede o lanche no balcão do quiosque e come nas mesinhas instaladas em volta – o hambúrguer, entretanto, é tão bom quanto qualquer outro hambúrguer artesanal. “É o que há de mais moderno em termos de fast-food nos EUA”, opina Luis.

Le Tub (Hollywood-FL)


Classificado por Luiz como dono do melhor hambúrguer da viagem, o charme do Le Tub fica por conta do clima de cais do porto, reforçado pela presença das mesinhas em cima das tábuas corridas sobre o canal. Aberto desde 1974, o Le Tub possui sanduíches suculentos e ambiente despojado – tão despojado que até o garçom que atendeu o casal estava, digamos, com o teor alcoólico um pouco elevado.

The Grind (Phoenix)


Foi diretamente do cardápio do The Grind que saiu a inspiração para o mais novo sanduíche do St. Louis. O hambúrguer com molho de mel e wasabi, pimenta do reino, queijo e muita batata palha encantou Luis, que estreou esta semana no St. Louis sua própria versão do sanduba.

Tobacco Road (Miami)


Afastado, enfumaçado e esquisito – este era o clima do Tobacco Road, localizado em Miami. “Um sujeito de boné na entrada me aconselhou a não parar o carro na rua”. Por precaução, o carro foi deixado em um estacionamento próximo – aí o caminho estava livre para experimentar o hamburguer (“um espetáculo”, classificou Luiz) ao som de bandas ao vivo.

Five Guys (Atlanta e Miami)


Aberto em 1986, o Five Guys cobra o preço único de 6 dólares. O freguês escolhe apenas se quer hamburguer, cheeseburguer ou cheeseburguer bacon – a adição de maionese, picles, cebola, tomate, cogumelos, alface ou pimenta sai de graça.

Veja mais na entrevista de Luiz Cintra no “Olá, Curiosos!” de 29/05/2021.

Leia também:
Quem inventou o hambúrguer?
Livro conta como os Estados Unidos inventaram o hambúrguer moderno

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

As cabines vermelhas inglesas sobreviverão?

As cabines vermelhas inglesas sobreviverão?

Com a popularização dos telefones celulares, acreditava-se que as famosas cabines telefônicas inglesas estariam condenadas ao ostracismo. Existem atualmente cerca de 21.000 cabines vermelhas em funcionamento em toda a Grã-Bretanha. O país já chegou a ter 92.000...

Lampião e seus cangaceiros em Londres

Lampião e seus cangaceiros em Londres

O cartunista e designer inglês Jamie Hewlett acaba de lançar uma série de desenhos usando Lampião e seus cangaceiros como referência. Os trabalhos estão à venda numa pequena galeria de arte no bairro do Soho, em Londres, que foi visitada pela jornalista Letícia...

Modern Toilet: restaurante temático em Taiwan é um… cocô

Modern Toilet: restaurante temático em Taiwan é um… cocô

Se você pensa que já viu de tudo, prepare-se para conhecer o restaurante temático mais bizarro do mundo. Ele fica em Taiwan e se chama Modern Toilet. A temática do restaurante é o banheiro. E tudo que se faz lá dentro. Cadeiras? Não. Os clientes sentam-se em privadas...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This