• Os maiores seios do mundo pertencem a uma dona-de-casa belga. São 2,20 metros de busto. Somados, seus dois peitos pesaram 45 quilos.
  • Alguns escravos que vieram da África para o Brasil, especificamente de Angola, pertenciam à tribo dos quimbundos. Os homens (e principalmente as mulheres) tinham as nádegas bem arrebitadas e avantajadas, o que causou a inevitável associação do nome da tribo com a forma física. A palavra bunda veio de mbunda, que significa nádegas na língua quimbundo (banto). Hoje, a bunda é considerada a parte do corpo feminino mais admirada pelos homens.
  • Os antigos chineses tinham uma crença curiosa. O aspecto dos pêlos pubianos revelava a personalidade da mulher. Pêlos negros e abundantes mostravam uma mulher guerreira; pêlos espessos e cerrados uma mulher apaixonada; pêlos dourados, uma mulher bondosa.