Por que se diz que o humorista José Vasconcellos foi o primeiro Bozo do Brasil? O personagem nasceu num disco chamado “Bozo at Circus”, lançado em 1946, com a voz de Pinto Colvig. O disco ficou quatro anos no topo das listas dos discos mais vendidos da Billboard, a famosa parada musical americana. Em 1954, a gravadora Odeon trouxe os discos do Bozo ao Brasil. Quem fez a versão para o português do palhaço foi o humorista José Vasconcelos.

O SBT lançou o Bozo na televisão brasileira em 19 de setembro de 1981. Nos Estados Unidos, ele já estava na TV desde 1949. O palhaço Bozo foi apresentado pela emissora de Silvio Santos de 1981 a 1991. A produção era toda nacional, exceto o desenho animado, que vinha dos Estados Unidos e estrearia logo depois.

BOZO

O primeiro Bozo nacional foi o grandalhão Wandeko Pipoca. Ele durou um ano no “cargo”. Os substitutos mais conhecidos de Wandeko Pipoca foram Luiz Ricardo e Arlindo Barreto.

VAMDEKO PIPOCA

O número de telefone do Bozo era 236-0873. O telespectador (sempre chamado de “amiguinho” pelo palhaço) ligava para participar do Jogo da Memória, da Batalha Naval, da Corrida dos Cavalinhos e de outras brincadeiras.

Além do Bozo, o programa brasileiro contava com outros palhaços: Papai Papudo (o ator Gibi), Salsi Fufu (Pedro de Lara) e Vovó Mafalda (Valentino Guzzo).

VOVÓ MAFALDA

“Palhaço por palhaço, vote no Bozo”. Este era o slogan da campanha de Arlindo Barreto para deputado estadual paulista em 2002. Pastor evangélico, ele garantiu que tinha se recuperado dos antigos vícios (álcool, maconha e cocaína) e prometeu: “Vou acertar torta na cara de todos os patifes da Assembleia Legislativa”. O partido? “É o Partido Social Liberal, o PSL. Não é de esquerda, nem de direita. É um partido pé-de-chinelo”, definiu.

FILME BINGO

Em 2017 foi lançado o filme “Bingo, o rei das manhãs”, que contou a dramática história de Arlindo Barreto, o Bozo mais famoso das versões brasileiras. Quem fez o papel principal foi Vladimir Brichta.

Leia também: 12 curiosidades sobre o Bozo