Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Desfile

24 de abril de 2019

 

Até 1908, os atletas entravam e saíam do estádio de maneira desorganizada. Em Londres, eles desfilaram pela primeira vez. A delegação que abre a cerimônia é sempre a da Grécia, seguida pelos outros países, por ordem alfabética, no idioma oficial do país que sedia os Jogos. A delegação local fecha o desfile. Cada país escolhe um atleta para conduzir a bandeira nacional à frente da delegação. Conheça os porta-bandeiras de todas as delegações brasileiras:

1920

 

Afrânio Antonio da Costa (tiro)

 

1924

 

Alfredo Gomes (atletismo)

 

1932

 

Lúcio de Almeida Prado (atletismo)

 

1936

 

Antônio Pereira Lyra (atletismo)

 

1948

 

Sylvio de Magalhães Padilha (atletismo)

 

1952

 

Mário Hermes (basquete)

 

1956

 

Adhemar Ferreira da Silva (atletismo)

 

1960

 

Adhemar Ferreira da Silva (atletismo)

 

1964

 

Wlamir Marques (basquete)

 

1968

 

João Gonçalves Filho (pólo aquático)

 

1972

 

Luís Cláudio Menon (basquete)

 

1976

 

João Carlos de Oliveira (atletismo)

 

1980

 

João Carlos de Oliveira (atletismo)

 

1984

 

Eduardo de Souza Ramos (iatismo)

 

1988

 

Walter Carmona (judô)

 

1992

 

Aurélio Miguel (judô)

 

1996

 

Joaquim Cruz (atletismo)

 

2000

 

Sandra Pires (vôlei de praia)

 

2004

 

Torben Grael (iatismo)

 

2008 Robert Scheidt (iatismo)
2012 Rodrigo Pessoa (hipismo)

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Os melhores perfumes estão nos menores frascos

Os melhores perfumes estão nos menores frascos

Existem também os perfumes Chanel nº 1, 2, 3 e 4? Como funciona o marketing olfativo? O que é aromaterapia? Essas e outras perguntas foram respondidas por Luciene Ricciotti, publicitária especializada em perfumaria e marketing olfativo. É autora de cinco livros, entre...

Ele está em todas as bocas: a curiosa história do batom

Ele está em todas as bocas: a curiosa história do batom

Pintar a boca era um hábito cultivado no Egito. A rainha egípcia Nefertiti mostra que as mulheres já gostavam de pintar os lábios mil anos antes de Cleópatra. Para isso, recorriam aos produtos naturais como a púrpura de Tyr. Já na Grécia, elas costumavam aplicar...

A linha do tempo da história dos perfumes

A linha do tempo da história dos perfumes

Os perfumes estão na sociedade há muito tempo e nunca perdem sua popularidade, mas você conhece a origem deste fenômeno? Descubra agora a evolução dos perfumes desde os tempos primordiais! Perfume para ocular o mau hálito No Antigo Egito: em 2900 a.C., os egípcios...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This