CHICO XAVIER

1. O médium Francisco Cândido Xavier nasceu no dia 02 de abril de 1910, em Pedro Leopoldo (MG). Era filho de uma lavadeira e um operário, ambos analfabetos. Seu nome de batismo era Francisco de Paula Cândido, em razão de 02 de abril ser o dia de São Francisco de Paula Cândido. No entanto, mudou oficialmente seu nome para Francisco Cândido Xavier em abril de 1966, depois de romper com o catolicismo.

2. Chico Xavier manifestou sua mediunidade pela primeira vez aos 4 anos. Ele foi criado por sua madrinha e dizia conversar com sua mãe, falecida desde quando Chico tinha 5 anos.

3. De família católica, Chico era castigado toda vez que contava ter visto pessoas mortas. Além de bater com vara de marmelo, a madrinha também espetava garfos na barriga do garoto. Aos 7, ele voltou a morar com o pai.

4. Em 1924, aos 14 anos, Francisco concluiu os estudos primários, e não voltou mais a estudar.

5. Ele trabalhou como datilógrafo na Fazenda do Ministério da Agricultura em Pedro Leopoldo (MG).

6. Em 1928, começou a publicar suas primeiras mensagens psicografadas nos jornais “O Jornal”, do Rio de Janeiro, e “Almanaque de Notícias”, de Portugal.

7. Seu primeiro livro psicografado, “Parnaso de Além-Túmulo”, foi publicado em 1932. Em toda a sua vida, ele escreveu 412 obras. Depois de sua morte, mais 39 livros psicografados por ele foram publicados. Chico nunca admitiu ser o autor dessas obras, dizendo que apenas escrevia o que os espíritos ditavam. Por isso, não aceitava o dinheiro arrecadado com os livros. O médium psicografou também cerca de 10 mil cartas de falecidos a familiares.

8. As obras de Chico foram traduzidas para inglês, espanhol, japonês, esperanto, italiano, russo, romeno, mandarim, sueco e braile. As vendas dos exemplares em português somam 50 milhões de exemplares.

9. Chico Xavier morreu às 19h30 do dia 30 de junho de 2002, aos 92 anos, em Uberaba (MG). No mesmo dia, o Brasil conquistou pela quinta vez a Copa do Mundo. Amigos do médium contam que ele pedia a Deus para morrer em um dia em que o país estivesse em festa.

10. Em 2012, Chico Xavier foi eleito o Maior Brasileiro de Todos os Tempos no programa homônimo exibido pelo SBT. Um dos 12 mais votados na fase de classificação, ele derrotou Irmã Dulce (com 50,5% dos votos) e Ayrton Senna (com 63,8% dos votos) para chegar à final, onde superou Santos Dumont e a Princesa Isabel ao receber 71,4% dos votos do público pela internet.