OLGA BENÁRIO

  • Olga Benário nasceu em Munique (Alemanha) em 12 de fevereiro de 1908. Pertencia a uma família judia. Sua mãe era uma dama da alta sociedade e seu pai, um advogado social-democrata.
  • Ela entrou para a Juventude Comunista aos 15 anos. Aos 20, liderou uma arrojada missão que invadiu uma prisão e possibilitou a fuga do dirigente comunista Otto Braun. Otto e Olga moravam junto desde que ela tinha 16 anos.
  • Em 1934, foi designada para acompanhar e proteger Luís Carlos Prestes, líder da Coluna Prestes, em sua volta clandestina ao Brasil. Há indícios, porém, de que sua verdadeira missão era assassinar o então presidente do Brasil Getúlio Vargas.
  • Olga e Prestes acabaram se casando e tiveram uma filha, Anita. Os dois, porém, só ficaram juntos de 1934 a 1936, ano em que ambos foram presos pelo governo Vargas depois de liderarem a fracassada Intentona Comunista.
  • Foi entregue aos nazistas e deportada para a Alemanha quando estava grávida de 7 meses.
  • Durante sua permanência no campo de concentração de Ravensbrück (Alemanha), Olga não apenas se tornou líder do bloco onde estava como também atuou dando aulas às outras presas.
  • Em fevereiro de 1942, foi executada em uma câmara de gás do campo de concentração de Bernburg (Alemanha). A notícia de sua morte veio à tona porque uma presa conseguiu passar adiante a informação por meio de um bilhete escondido na barra de sua saia.