Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Imperatriz Leopoldina (1797-1826)

24 de abril de 2019

 

  • Nascida em Viena, no dia 22 de janeiro de 1797, o nome de batismo da primeira imperatriz brasileira era tão grande quanto o poder da Casa Imperial dos Habsburgos, à qual pertencia: Leopoldina Josefa Carolina Francisca Fernanda Beatriz de Habsburgo-Lorena. Ela ainda acrescentou por conta própria o prenome Maria, numa provável homenagem à Casa de Bragança, família de d. Pedro.
  • O casamento entre as casas reais era uma espécie de tratado de relações exteriores e tinha interesses dinásticos, políticos e econômicos para os países. Foi pensando numa boa aliança política que d. João VI casou seu herdeiro com uma arquiduquesa de uma das famílias imperiais mais tradicionais, ricas e poderosas da Europa na época. Com o casamento, ele passaria a integrar a Santa Aliança e livraria-se da pressão da Inglaterra, que submetia Portugal ao monopólio econômico. O imperador Francisco I, pai de Leopoldina, via no casamento a possibilidade de colocar-se no Novo Mundo, representado pelo Brasil e suas imensas e tentadoras riquezas.
  • O Marquês de Marialva foi enviado a Viena para negociar o casamento e trazer Leopoldina, então com 20 anos, para o Brasil. Depois de uma longa negociação, o casamento foi realizado por procuração, sem a presença do noivo. Ela recebeu um medalhão com a imagem de Pedro, preso a um colar de diamantes de primeira água, e achou o noivo lindo. Em carta à irmã Maria Luísa, chegou a compará-lo a Adonis, confessando que já tinha olhado para a imagem mais de mil vezes.
  • A Inglaterra tentou, por seu diplomata em Viena, arranhar a imagem do príncipe herdeiro português. Falou-se de suas crises de epilepsia e da vida libertina que ele levava no Brasil, incluindo um suposto caso amoroso com Noémi Thierry, uma dançarina francesa.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This