ROBERTO DINAMITE

  • Carlos Roberto de Oliveira, o “Roberto Dinamite”, nasceu no dia 13 de abril de 1954 em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Na infância, torcia pelo Botafogo.
  • Começou como jogador profissional no Vasco.”Roberto, um garoto revelado nos juvenis, marcou dois bonitos gols, se entrosou com Dé e joga amanhça contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte.” A notinha, intitulada “Vasco escala o Garoto-Dinamite”,  publicada no dia 20 de novembro de 1971, no diário carioca “Jornal dos Sports” foi a primeira menção ao apelido do craque, popularizado dias depois.
  • Sua estréia no Maracanã aconteceu no dia 25 de novembro de 1971 , em um jogo contra o Internacional. No final daquela partida, Roberto chutou a bola com violência, marcando o segundo gol do Vasco. No dia seguinte, o jornalista Aparício Pires, do “Jornal dos Sports”, popularizou o apelido de Roberto com a manchete “Garoto-Dinamite explodiu”.
  • O centroavante Roberto Dinamite foi o maior artilheiro da história do Vasco: marcou 708 gols em 1.108 partidas. Seu melhor desempenho aconteceu na temporada de 1981, quando assinalou 62 gols. Em 22 anos de carreira, conseguiu uma média de 36 gols por temporada.
  • Participou das Copas do Mundo de 1974, 1978 e 1982. Em 1982, no Mundial da Espanha, o jogador foi convocado para a Seleção, mas ficou no banco de reservas. Com a camisa da seleção, marcou 26 gols.
  • Seu filho Rodrigo também é jogador de futebol. Para homenagear o pai, ele tatuou a palavra “Dinamite” no braço direito.
  • O ex-jogador e deputado estadual pelo PMDB foi eleito o novo presidente do Vasco da Gama em 21 de junho de 2008 pela chapa “Por Amor ao Vasco”. A oposição conseguiu 827 votos, contra apenas 45 do então presidente Eurico Miranda. Foi a primeira vez na história do futebol brasileiro que o maior ídolo de um time tornou-se presidente do clube.