1. A primeira Copa do Mundo foi a única para a qual não houve eliminatórias. Os participantes foram convidados.COPA DE 1930 - URUGUAI

2. O primeiro gol de uma Copa do Mundo foi marcado por Lucien Laurent, da França, em Montevidéu, no dia 13 de julho de 1930. Sua equipe venceu o México por 4 a 1.

3. O autor do primeiro gol-contra foi o zagueiro mexicano Rosas, aos seis minutos da vitória por 3 a 0 do Chile sobre o México.

4. João Coelho Neto, o Preguinho, marcou o primeiro gol do Brasil em Copas. Foi na derrota de 2 a 1 para a Iugoslávia. Ele era filho do escritor Coelho Neto.

5. O peruano De Las Casas foi o primeiro jogador expulso em Copas. Quem levantou o cartão vermelho foi o juiz chileno Alberto Warken.

6. Na partida entre Argentina e Estados Unidos, o juiz belga John Langenus apitou uma falta contra os americanos e o médico do time invadiu o campo para reclamar. Na discussão, a maleta de medicamentos caiu e quebraram-se todos os frascos de remédios. Inclusive um de clorofórmio, cuja evaporação provocou desmaio em um jogador da equipe norte-americana, que teve que ser retirado do campo de maca. Mais uma do juiz belga: escalado para apitar a final entre Uruguai e Argentina, ele temia o sangue quente dos latinos e fez uma série de exigências: um seguro de vida, a proteção de 100 policiais e o atraso do navio para a Europa, que lhe permitiu terminar o jogo a tempo de embarcar.

7. Em conflito com a CBD (Confederação Brasileira de Desportos), a Associação Paulista de Esportes Atléticos não liberou seus atletas para a primeira Copa do Mundo. Assim, o craque Arthur Friendenreich ficou de fora. O único paulista a participar foi Areken Patuska, que estava sem clube na época.

8. Apaixonado por futebol, o rei Carol, da Romênia, escalou ele mesmo os titulares e os reservas para a primeira Copa do Mundo. Ele também permitiu que os atletas se ausentassem de seus empregos por três meses e garantiu que ninguém seria despedido por causa disso.

9. A França e a Bélgica foram os únicos países-fundadores da Fifa que participaram da Copa de 1930. Os outros seis, Dinamarca, Alemanha, Holanda, Espanha, Suécia e Suíça, recusaram o convite. O motivo principal foi a distância entre a Europa e o Uruguai, que implicava uma viagem de 15 dias de navio. A Inglaterra também recusou, por ser contra o profissionalismo dos esportes.

10. Na final da Copa do Mundo de 1930, uruguaios e argentinos disputaram mais do que a vitória do torneio: cada equipe queria que o jogo fosse disputado com a bola de seu país. A bola uruguaia era mais pesada que a argentina. A solução encontrada pelo juiz foi usar a bola argentina no primeiro tempo e a uruguaia no segundo. Curiosamente, os argentinos marcaram dois gols, contra um do Uruguai, enquanto jogaram com a bola de seu país. No segundo tempo, os uruguaios marcaram três gols com a sua bola. O jogo terminou em 4 a 2 para o Uruguai e ele tornou-se campeão da Copa de 1930.