Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Time chinês muda a cor das 18 000 cadeiras do estádio para voltar a vencer

10 de agosto de 2017

O Guangzhou R&F, fundado em 1986, é uma espécie de “primo pobre” do futebol da cidade de Guangzhou, no nordeste da China, onde desembarcou em 2011, depois de sucessivas mudanças de nome e de cidade. Enquanto o rival Guanghzou Evergrande, treinado por Luiz Felipe Scolari, venceu as seis últimas edições do Campeonato Chinês e ganhou duas Liga dos Campeões da Ásia nos últimos cinco anos, o Guanghzou R&F tem como única campanha notável um terceiro lugar em 2014.
Ainda engatinhando no emergente futebol chinês, o R&F (a sigla é herdada de uma empresa estatal local, a R&F Properties, que atua no ramo imobiliário) não atrai muita torcida. A média de público – 9.780 torcedores por jogo – é a pior da Liga Chinesa. Dentro de campo, o desempenho no Yuexiushan Stadium também não estava nada bom. Depois de vencer os dois primeiros jogos em casa (o segundo no dia 12 de março, pela 2ª rodada), o Guanghzou R&F emendou cinco partidas sem vitória como mandante – dois empates e três derrotas.
Com uma campanha bastante interessante fora de casa (16 pontos dentre 27 possíveis) como visitante, o péssimo desempenho dentro de casa afastou o Guanghzou R&F das primeiras posições e o jogou para o oitavo lugar na 17ª rodada. Duas rodadas antes, a equipe havia perdido em casa para o Chongqing Lifan por 4 x 3 e a diretoria, então, resolveu agir. Reformulação no elenco? Treinador demitido? Nada disso. A solução encontrada foi pintar todas as 18 mil cadeiras azuis do Yuexiushan Stadium de dourado.

A tabela reservava à equipe quatro jogos em casa a partir da 18ª rodada. A estreia do “novo” estádio do R&F não poderia ser melhor. O time da casa venceu o Yanbian por 6 x 2 em 23 de julho, quatro meses e 11 dias depois da última vitória em casa, ainda na era das cadeiras azuis. Logo na sequência, nova vitória em casa, agora sobre o rival Guangzhou Evergrande, por 4 x 2. Na rodada seguinte, o terceiro triunfo seguido como mandante: 4 x 1 sobre o Liáoning. A sequência de quatro rodadas em casa terminou com quatro vitórias. A última foi ontem, um 4 x 2 para cima do Jiangsu Suning.
Com esses 12 pontos como mandante, o Guangzhou R&F pulou para 36 pontos e chegou ao quarto lugar. Como faltam apenas nove rodadas, alcançar o Guangzhou Evergrande, líder com 47, parece muito difícil. Mas o terceiro colocado, último dos classificados para a Liga dos Campeões da Ásia no ano que vem, é o Tianjin Quanjian, que está apenas um ponto na frente. A reação pode colocar o time na disputa continental em 2018.

 

Clube chinês acaba com má fase após pintar estádio de ouro | Mundo | G1

 

Jogando em casa, Guangzhou R&F venceu duas vezes o rival Evergrande por 4 x 2

“O dourado do nosso estádio ficou muito legal e não vejo motivos para mudarmos”, comemorou o treinador sérvio Dragan Stojkovic no site oficial do clube, mencionando ainda uma outra vitória (4 x 2, contra o Guangzhou Evergrande, na partida de ida das quartas de final da Copa da China). “Estamos jogando para frente, do jeito que os torcedores gostam. Depois que mudamos a cor das cadeiras emplacamos cinco vitórias em casa”.  Domingo o R&F joga contra o Henan Jianye fora de casa para testar o poder da energia das cadeiras douradas como visitante. Na Copa da China, o dourado desbotou: o Evergrande venceu por 7 x 2 no jogo de volta e se classificou para a semifinal.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A volta dos Botões Brianezi

A volta dos Botões Brianezi

Desde o final de 2020,  o empresário Alexandre Badolato passou a ser chamado de "Alexandre da Brianezi". Depois de 20 anos fora do mercado, a Botões Brianezi voltou a existir por causa de um acordo feito entre ele e Lúcio Brianezi, herdeiro da marca. Paulo Brianezi,...

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

1 Comentários

1 Comentário

  1. Felipe Martini

    Caro Marcelo,
    Eu gostei dessa curiosidade. A primeira coisa que eu pensei foi sobre o meu irmao porque às vezes ele está perdendo no futebol e quer trocar de lado para jogar melhor. Mas nao adianta nada.
    O time chines pintou a bancada de dourado e conseguiu vencer alguns jogos, mas acho que eles ganharam porque estavam confiantes.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This