Segundo o Dr. Dráuzio Varella, em vídeo divulgado em seu canal no YouTube, o nome da febre tem sua origem em um dialeto da Tanzânia, onde ocorreu uma epidemia. Lá, “chicungunha” quer dizer “homem que anda arqueado”. Pudera: a dor articular é o mais característico sintoma da febre chicungunha, e também o que a diferencia da dengue. A febre chicungunha é causada por um vírus e é transmitida pelos mesmos mosquitos que transmitem a dengue. De 72% a 95% das pessoas picadas pelo mosquito infectado desenvolvem sintomas. O primeiro deles é uma febre alta (acima de 39º), seguida então por dores articulares simétricas e vermelhidão nos olhos. As mortes são muito raras – geralmente o doente se recupera em 7 a 10 dias – mas as dores articulares podem persistir por até um ano.