Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O futebol e as camisas cor-de-rosa

9 de outubro de 2013

O Boca Juniors está proibido de usar sua terceira camisa oficial – cor-de-rosa – no próximo jogo pelo Campeonato Argentino, no domingo (13). Sem explicar o motivo, a Associação de Futebol da Argentina (AFA) exigiu que o time entre em campo com seu traje principal, azul e amarelo. Se a regra for desrespeitada, o Boca Juniors arcará com uma multa. A equipe apresentou a camisa cor-de-rosa em julho deste ano, com a justificativa de que a primeira camisa da história do time argentino teria sido dessa cor. A atitude gerou polêmica entre os torcedores, pelo fato de o cor-de-rosa ainda ser estigmatizado como uma cor feminina.

Tratando-se de cor-de-rosa e futebol, a polêmica gerada pelo Boca Juniors não é inédita. Confira, no Blog do Curioso, outros casos que deram o que falar:

Deportivo Táchira


No dia 28 de outubro de 2012, o time venezuelano de futebol provocou uma confusão ao entrar em campo para uma partida válida pelo torneio Apertura com uniformes cor-de-rosa. Era parte uma série de manifestações que a equipe andava fazendo em campanha contra o câncer de mama. O motivo, apesar de nobre, não agradou aos torcedores, que, revoltados, invadiram o campo. Depois de 40 minutos sem sucesso na contenção da revolta, a comissão técnica optou pela anulação da partida.

Botafogo (RJ)


Em setembro deste ano, foi lançado o novo modelo feminino do uniforme do alvinegro carioca: uma camisa cor-de-rosa. A imagem foi divulgada pela primeira vez na última semana de agosto na página oficial da marca Puma no Facebook. Apesar de a camisa não ser destinada aos jogadores, alguns torcedores protestaram contra a escolha da cor. Entre as mulheres, no entanto, o produto foi aprovadíssimo: no fim de semana seguinte, o modelito já figurava nas arquibancadas do Engenhão.

Atlético-MG


Em 2010, o Atlético-MG lançou uma camisa de treino cor-de-rosa, para agradar ao público feminino, cada vez mais crescente nas torcidas brasileiras. O curioso é que, apesar do sucesso de vendas, o modelo foi logo tirado de circulação. O problema? As brincadeiras feitas pelos rivais do time quanto ao questionamento da masculinidade dos atleticanos.

Benfica (Portugal)


Por questões comerciais (aumentar a venda de camisas para mulheres), o clube português lançou em 2007 um 3º uniforme cor-de-rosa. A estratégia não deu muito certo: o time sofreu preconceito das torcidas rivais e, apesar de favorito, terminou o Campeonato Português na terceira posição.

Corinthian-Casuals (Inglaterra)


Em 1939, os ingleses Corinthian e Casuals se juntaram para formar o Corinthian-Casuals, o time de futebol amador mais importante do mundo. A semelhança do nome da equipe inglesa com o do Timão brasileiro não é mera coincidência: o Corinthian, que estava em alta quando visitou o Brasil em 1910, foi a inspiração para a escolha do nome do time que acabara de ser fundado. Antes da fusão com o Casuals, o Corinthian era alvinegro, assim como o parceiro brasileiro. Depois da parceria, o time adotou o marrom e o cor-de-rosa do Casuals para compor a camisa oficial. O Corinthian-Casuals joga hoje na oitava divisão do Campeonato Inglês.

Sport Boys (Peru)


O time peruano, fundado em 1927, é um dos únicos no mundo que, assim como o Rio Branco, têm o cor-de-rosa como cor oficial. A torcida está longe de ter vergonha da cor: apelidou o time de Los Rosados. O Sport Boys estreou na Copa Libertadores em 1991, e ficou conhecido nos países rivais não por seu futebol, mas por seu uniforme exótico.

Rio Branco (RJ)

O time da cidade fluminense de Campos, fundado em 1912, é o único no Brasil a adotar o cor-de-rosa, junto ao preto, como cor oficial. O time róseo-negro, que hoje disputa a série B do Campeonato Carioca, foi quem revelou Didi, eleito melhor jogador da Copa de 1958.

Palermo (Itália)


Fundado em 1900, Palermo é o time mais antigo do mundo a usar uniformes cor-de-rosa oficiais. O time já faliu três vezes em sua história: em 1927, 1940 e 1986. Hoje, disputa a série A do Campeonato Italiano, pintando os estádios de cor-de-rosa. A cor, por sinal, não é motivo de gozação entre os rivais.

Juventus (Itália)


Acredite se quiser: o alvinegro italiano já foi róseo-negro. Entre 1897 e 1905, o Juventus usou uniformes cor-de-rosa. A mudança de cor foi uma tentativa de imitar o inglês Notts County, em alta na época. Na década de 90, o Juventus voltou a fabricar uniformes comemorativos cor-de-rosa, que até hoje são usados em algumas partidas.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

5 Comentários

5 Comentários

  1. Carlos Pank

    O Benfica de Portugal também usou um segundo uniforme rosa. Tinha uma lateral da camisa em cinza e o calção também cinza. A temporada era 2007/2008. Esta tal camisola rosa não deu muita sorte nesta época, afinal o FC Porto do técnico Jesualdo Ferreira, sagrou-se tri-campeão e viria a ser tetra na próxima época., e o Sporting, tão em baixa atualmente foi o vice, entrando diretamente a fase de grupos na Champions League. Os encarnados que ficaram rosa por uma temporada, ficaram com a terceira colocação.

    Responder
  2. Kveira

    a camisa orginial do corinthians não é preto e branco mas branco e beige …

    Responder
  3. Rodrigo

    Camisa reserva do Everton também é rosa. Cerezo Osaka, o Evian, Camisa do Rogério Ceni por um período, Boca Juniors, provável camisa do Bordeaux na próxima temporada, camisa do goleiro da Lazio. Acho que da pra ficar até amanhã citando, louvável a atitude do(s) time(s) que fazem campanha contra o câncer de mama, não sei se é o caso de todos, mas belo exemplo que o futebol americano dá ao mundo, pena que poucos seguem.

    Responder
  4. carlos

    a camisa original do Corinthians é preto e Rosa…por que este preconceito de não mostrar…….

    Responder
  5. Ivan

    Poxa, Evian e Cerezo Osaka de fora…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This