Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Novas mascotes para competições esportivas

21 de março de 2011

Tenho uma verdadeira paixão por mascotes de eventos esportivos. Sempre que viajo para cobrir uma dessas competições, trago a pelúcia da mascote na mala. No ano passado, fiz aqui no Blog do Curioso um post com algumas mascotes de campeonatos menos conhecidos. O tempo passou e mais criaturas passaram a fazer parte desse zoológico de símbolos das competições. Confira os mais novos e os não tão conhecidos:

Para os Jogos Panamericanos de Guadalajara, no México, que começam em outubro deste ano, foram escolhidas três mascotes. Gavo representa a agave, planta bem comum na América Central.


Huichi, um cervo, é homenagem ao povo indígena Huichól, também chamado de Wixáritari. Os huichóis vivem na região de Jalisco, estado em que fica Guadalajara, e cultuam o fogo, os cervos e outros elementos da natureza.


Já Leo, o Leão, é referência ao brasão de armas da cidade de Guadalajara, que tem dois leões.

As mascotes escolhidas para as Olimpíadas de Inverno de Sochi-2014, na Rússia, são um urso polar, uma lebre e um leopardo. A própria população escolheu as mascotes votando em um programa de televisão chamado Talismanya Sochi 2014. Dimitry Chernyshenko, presidente do comitê organizador, disse que é a primeira vez que mascotes são eleitas democraticamente na história das Olimpíadas.

A lebre estuda na Faculdade da Floresta, ajuda a mãe no restaurante e ainda compete em eventos esportivos. Também gosta de cantar e dançar.

O leopardo vive nos galhos mais altos de uma grande árvore no maior pico do Cáucaso e já salvou habitantes das vilas próximas de avalanches. Seu esporte preferido é o snowboarding.


O urso vive no Círculo Ártico e tudo em sua casa é feito de gelo: cama, computador, aparelhos de academia e até o chuveiro! Ele aprendeu a esquiar e a jogar curling e patinação de velocidade com exploradores da região. Andaram dizendo também que esse ursinho é parente de Misha, a mascote dos Jogos Olímpicos de 1980, em Moscou.

As mascotes das Paraolimpíadas de Inverno em Sochi são Luchik e Snezhinka, “Raio de Luz” e “Floco de Neve”. Os dois vêm das estrelas e precisam aprender a conviver com as diferenças em relação aos terráqueos.


Estas mascotes tinham concorrentes meio estranhos… Venceram um Papai Noel, um Sol de cabelos presos e um personagem que é a cara do passarinho do jogo Angry Birds (mera coincidência?).

 

No ano que vem, teremos as Olimpíadas de Londres-2012. A mascote é Wenlock, que se originou de uma das duas últimsa gotas de aço usadas para construir os estádios do evento. O nome vem de Much Wenlock, cidade visitada por Pierre de Coubertin quando ele quis restaurar os Jogos.


Muito parecido com Wenlock, a mascote paraolímpica Mandeville foi batizada em homenagem à cidade de Stoke Mandeville, onde foi fundado o Movimento Paraolímpico. Tanto Wenlock como Mandeville têm luzes de táxi na testa e seus grandes olhos são câmeras – no estilo Big Brother.

Um novo integrante pouco conhecido nessa galeria é o elefantinho Stumpy, mascote oficial da Copa do Mundo de Críquete. A Copa está acontecendo em Bangladesh, Sri Lanka e Índia. Stumpy tem 10 anos de idade (em tempo humano) e acha que críquete é o melhor esporte que existe.

Para o Campeonato Mundial de Esqui Nórdico, em Oslo, na Noruega, qual seria a solução mais óbvia para se homenagear o frio? Está quente, está quente… Sim: o ilustrador Trond Vestengen criou dois bonecos de neve.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

4 Comentários

4 Comentários

  1. Andréa Regina

    Achei o maximo o seu blog também sou muito fã dos mascotes.
    Parabens

    Responder
  2. karen

    infelismente eu não achei o que eu queria:(

    Responder
  3. joao

    nao achei o que queria

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This