Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 atletas olímpicos que se destacaram em outras áreas

24 de abril de 2019

George Patton
A prova de pentatlo das Olimpíadas de Estocolmo, em 1912, foi dominada por suecos – eles representaram seis dos sete finalistas. A exceção foi o tenente do exército norte-americano George Patton. O pentatlo consistia de cinco provas: tiro, natação, esgrima, hipismo e corrida. O bom desempenho de Patton em todas as modalidades fez dele um bom candidato a medalha. Na prova de tiro, no entanto, o tenente errou um dos tiros. Ele afirmou que a bala tinha passado por um buraco do tiro anterior, mas os oficiais discordaram e rebaixaram-no à 5ª colocação. Se ele tivesse acertado o tiro, teria ganhado o ouro. Na 2ª Guerra Mundial, o general Patton comandou o 3º Exército norte-americano, que foi vitorioso na Europa.

Benjamin Spock
O norte-americano foi um dos membros da equipe vencedora da prova de remo das Olimpíadas de Paris, em 1924. Spock, 21 anos depois de ter levado a medalha de ouro, escreveu o livro “Meu Filho, Meu Tesouro”. A obra vendeu cerca de 50 milhões de cópias, se tornando um dos maiores Best Sellers da história. Em 1972, Spock ainda concorreu para presidente dos Estados Unidos pelo hoje extinto Partido Populista, recebendo cerca de 80 mil votos.

Alfred Krupp
O alemão levou a medalha de bronze na prova de regatas das Olimpíadas de Berlim, em 1936. Durante a 2ª Guerra Mundial, Krupp – que tinha um depósito de armas – forneceu material de guerra para o exército de Adolph Hitler. Depois da derrota dos nazistas, em 1945, Krupp foi condenado como criminoso de guerra no julgamento de Nuremberg.

René Lacoste
Nas Olimpíadas de Paris, em 1924, o jogador de tênis René Lacoste ganhou o bronze no torneio de duplas. Mais tarde, ele fundou a famosa linha de roupas Lacoste.

James Connolly
O norte-americano venceu no salto triplo dos Jogos de Atenas, em 1896. Depois, abandonou a carreira esportiva e se tornou escritor. Connolly publicou 25 romances e centenas de contos e artigos.

Jean-Joseph Renaud
O francês era um dos membros do time de sabre que terminou em 4º lugar nas Olimpíadas de 1908. Depois disso, seguiu carreira literária, publicando mais de 60 romances.

Família Kelly
O norte-americano Jack Kelly levou o ouro na prova de remo das Olimpíadas de 1920. Quatro anos depois, nos Jogos de Paris, foi de novo vencedor. O filho de Kelly, John, seguiu os passos do pai e levou o bronze nas Olimpíadas de 1956. A filha, Grace, ganhou o Oscar de Melhor Atriz em 1954 e, mais tarde, tornou-se princesa de Mônaco.

Jackson Scholz
O norte-americano ganhou a medalha de ouro nos 200 metros raso nas Olimpíadas de 1924. Depois disso, se tornou escritor. Publicou mais de 30 romances com temas esportivos.

Sebastian Coe
O britânico ganhou quatro medalhas de ouro nas provas olímpicas de atletismo em 1980 e 1984. Depois da carreira esportiva, foi eleito membro do parlamento. Foi ele o responsável pela campanha inglesa pela sede das Olimpíadas 2012.

Alfred Gilbert
O norte-americano venceu a prova de salto com vara das Olimpíadas de 1908. Depois disso, ele se destacou no desenvolvimento de brinquedos para crianças.

Leia também: 
Curiosidades sobre 10 atletas olímpicos de destaque
A origem do Dia Olímpico (23/06)
10 atletas olímpicos com nomes sugestivos

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A volta dos Botões Brianezi

A volta dos Botões Brianezi

Desde o final de 2020,  o empresário Alexandre Badolato passou a ser chamado de "Alexandre da Brianezi". Depois de 20 anos fora do mercado, a Botões Brianezi voltou a existir por causa de um acordo feito entre ele e Lúcio Brianezi, herdeiro da marca. Paulo Brianezi,...

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This