Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Você já tomou horchata de chufas?

14 de setembro de 2008

Duas bebidas que fazem muito sucesso no verão espanhol: horchata de chufas e limão granizado. Começo pelo limão granizado, que é o mais fácil de explicar. Lembra a nossa raspadinha, mas com suco de limão bem mais concentrado. A horchata parece um leite. É feito de chufas, um tubérculo conhecido também como “amêndoa-da-terra” ou “castanha de junquinha”. Leva água e açúcar. Eu já tinha experimentado a horchata de chufas em São Paulo. Um casal, ouvinte do “Você é Curioso?”, levou uma garrafa até a Rádio Bandeirantes no ano passado. Eles conseguem cultivar chufas em São Paulo com muita dificuldade (parece que são os únicos!).
http://es.wikipedia.org/wiki/Horchata_de_chufa
A horchata deve ser tomada bem gelada. A bebida tem um gosto aproximado de amêndoas e avelãs. Há sorvetes de horchata e os supermercados também vendem garrafinhas da bebida industrializada.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

20 Comentários

20 Comentários

  1. Murilo

    A horchata de chufas lembrou-me, pela descrição, uma bebida que existia antigamente chamada “Orzata Gambarotta”, um concentrado de amêndoas que se tomava acrescentando-se água.

    Responder
  2. Capitu

    Oi, Marcelo! Caetano Veloso cita a horchata de chufa em “Vaca Profana”. Tem um “Orchta de chufa, si us plau” (Horchata de chufa, por favor) na letra. 🙂

    Responder
  3. Rodrigo Ferraz

    Caro Marcelo Duarte,
    Por ter um gosto aproximado a avelãs ,parece ser bom! Eu tomaria!
    Grande abraço,
    Rodrigo Ferraz

    Responder
  4. Ediney Aprigio

    O nome soa gostoso , mas pra tomar…Hum!!! Sei nao!!!

    Responder
  5. Letícia

    Marcelo, eu lembro de quando você provou a horchata na rádio. Eu imagino que deve ser nojentoooo!Agora provou “in loco”, é? hahahaha
    Foi porque é curioso ou porque gostou mesmo?

    Responder
  6. Daniela

    Horchata de chufa é uma delícia, não tem nada de nojento! O problema é que é difícil descrever seu sabor, já que náo há nada parecido por aqui. Eu recomendo!

    Responder
  7. Rubens Bayarri

    Olá Marcelo, sou seu ouvinte e por acaso, pesquisando sobre ervas daninhas, fiquei terrificado, porque tenho quase certeza, de que a chufa, é conhecida no Brasil como tiririca, a erva daninha que assola qualquer gramado ou area verde, ou seja mato.
    Imagina se isto fôr verdade, a propósito da horchata, ela é consumida na Espanha aos borbotões ese viesse ao Brasil com certeza ela seria um grande sucesso.
    Um abraço
    Rubens

    Responder
  8. Muga

    Horchta eh um dribl? Contêm álcool?
    Comentário de MARCELO DUARTE: Não, não contém álcool.

    Responder
  9. cleo

    ja vivi na espanha, e gostaria de saber quais supermercados fazem venda de horchata
    Resposta de MARCELO DUARTE: Olá, Cleo. No Brasil, nenhum supermercado vende horchata. O que eu contei foi justamente de minha viagem à Espanha.

    Responder
  10. maria amparo

    Adoraria poder comprar horchata no Brasil.Adoro tomar um bom e grande copo de horchata bem gelada ou granizada no verão.

    Responder
  11. Antonio Carlos

    Amava essa bebida, estou pesquisando na internet, e vi esse site, onde havia pensado em escrever p/ o programa Você é curioso”, agora pergunto onde posso encontra-la?
    E.T. foi a mais de 40 anos.que eu a pude saborear por uma oferta do dono do Bar.

    Responder
  12. Anderson

    Cara é a bebida mais gostosa, refrescante e que sustenta de verdade. Morei na Espanha e não faltava na minha geladeira. Aconselho tambem o gazpacho, uma sopa fria muito gostosa e dá para fazer aqui no brasil, é tomate, pimentao, alho, Azeite, sal e vinagre.

    Responder
  13. Mauro

    Ambos deliciosos.
    Gosto mais da Horchata, me lembra a infância, minha mãe sempre falou dessa bebida.
    Fui tomar a primeira vez aos 14 anos.
    Maravilha!

    Responder
  14. helena reis

    encontra na Casa Santa Luzia….na Alameda Lorena

    Responder
  15. Carlúsia Silva

    Foi por curiosidade que tomei horchata quando morava na Esapnha. A primei ra vez que se toma(acontece a mesma coisa com o açaí aqui no Brasil), por ter um sabor diferente de tudo, não parece ser muito bom, mas com o calor do verão da Espanha,por ser gelado e doce acabamos bebendo outra vez e aí vc fica viciado naquilo. Posso dizer que é simplesmente delicioso, refrescante e quase inigualável.Já tentei algo parecido com castanha do Pará, fazendo em casa,mas nada é igual a horchata de chufas.

    Responder
  16. Alexandre Falcão Sanseverino

    Acho deliciosa a horchata! Parece que aqui em São Paulo, há algum lugar que a vende na região da avenida Paulista.
    O gosto, para mim, aproxima-se ao de leite de amêndoas e/ou ao de um misto entre Yakult e leite de soja.

    Responder
  17. Dani

    Estou tomando agora, em cordoba,Espanha. Me fez lembrar ades original, com um leve toque de amendoa

    Responder
    • Nancy

      É que o tubérculo da “tiririca” mato considerado erva daninha, tem gosto de amêndoa. É a partir da junça que é feita a bebida. Mais simples que imaginavam!

      Responder
  18. Marco Antônio Varella

    Horchata é uma delícia, mas o primeiro gole pode ser decepcionante. O sabor é diferente de tudo que já tinha experimentado. Depois que provei em Valência, sempre trago alguma coisa quando volto da Espanha.

    Responder
  19. Nancy

    Para quem aprecia a bebida e quer fazer uso aqui no Brasil, é só ir a um terreno vazio, ou se tiver mato em seu quintal e procura por “tiririca”; sim, é a partir de suas raízes(tubérculos) que é elaborada a horchata. São como castanhas e por isso, não vão achar nada igual no mercado. A tiririca é um termômetro do solo, pois ela só aparece, num solo ácido.
    Nome Científico: Cyperus rotundus
    Nomes Populares: Tiririca, Capim-dandá, Junça, Tiririca-do-brejo, Hamassuguê, Cebolinha, Erva-côco, Junça-aromática, Tiririca-comum, Amanhã-tô-aqui.
    Propriedades Terapêuticas da Junça
    A planta possui uma variedade de propriedades terapêuticas tais como adstringente, afrodisíaca, anti-helmíntica, anti-histamínica, anti-inflamatória, antipirética, carminativa, diaforética, diurética, estimulantes, vermífuga e estomáquica.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This