Guaraná Antártica (Boko-Moko) - Anos 70 - Propagandas Históricas ...

É engraçado como algumas palavras saem de moda. Hoje em dia não se fala mais “cafona”. A palavra que a substituiu – “brega” – também perdeu boa parte de sua força. Não sei o que virá por aí. Mas sei que, antes das duas, já tivemos uma outra: “boko-moko”. A expressão foi criada pelo publicitário Arapuã para um comercial do Guaraná Antarctica em 1970. O personagem Teobaldo foi interpretado pelo ator Roberto Marquis por quase uma década (você, mais novo, deve se lembrar dele em “A Praça é Nossa”). Por que “boko-moko”? Dizia-se na época que ela nasceu da junção das iniciais de bocó e mocorongo.

O vídeo faz parte do acervo do Museu Memória da Propaganda de Porto Alegre.