metrô de moscou

  •  A idéia de construir uma rede metroviária em Moscou (Rússia) partiu do ditador Joseph Stálin. Ele deu ordem para que as obras começassem na década de 1930.
  • Sua inteção era construir verdadeiros “palácios subterrâneos” que servissem à classe operária.
  • Milhares de pessoas trabalharam como voluntárias nas obras, que não pararam nem durante a 2ª Guerra Mundial. Entre 1941 e 1945, foram cavadas 6 estações.

METRÔ DE MOSCOU 2

  • Pedras semi-preciosas e mármores vindos da Geórgia, Armênia, Azerbaijão, Uzbequistão e outros países foram utilizados na construção. Além disso, utilizou-se lustres majestosos e estátuas de bronze para adornar as estações.
  • Stálin solicitou que as estações fossem bem profundas para servirem de abrigo antiaéreo e de hospital para a população e quartel-general para os líderes soviéticos em caso de guerra.
  • Há rumores de que uma das linhas do metrô passe exatamente debaixo do túmulo do líder soviético Lênin. Isto tornaria mais fácil a remoção dos restos mortais do socialista caso necessário.