Mãe Menininha do GantoisMaria Escolástica da Conceição Nazaré (1894-1986), filha de Oxum, foi a mais famosa de todas as mães-de-santo brasileiras. Foi sagrada em 1922 e deve parte de sua fama à música “Oração de Mãe Menininha” (1972), de Dorival Caymmi, freqüentador de seu terreiro, em Salvador.

Mãe Menininha do Gantois 2

O terreiro sagrado do Gantois nasceu de uma dissidência do Candomblé do Engenho Velho, casa fundada no século 18 por três tias africanas (iyá Dêta, iyá Calá e iyá Nassô). Duas filhas-de-santo disputavam o poder. Maria Julia Figueiredo venceu e Maria Julia Conceição, a derrotada, foi embora. Arrendou um terreno de alguns franceses, o Gantois, para abrir o seu próprio terreiro. Ela foi sucedida por Mãe Pulqueria, que cedeu o comando à sua sobrinha, Mãe Menininha. Falecida em 1986, ela deixou seu legado a sua filha, Mãe Cleusa Millet. Cleusa morreu em 15 de outubro de 1998, aos 67 anos.