Pequim está curtindo pra valer o clima olímpico. Há camelôs vendendo bandeirinhas, adesivos e faixas para a cabeça por todos os lados. Na entrada de uma loja, três garotas se ofereciam para decalcar tatuagens nos braços dos passantes. Podia ser um coração com a bandeira da China ou o símbolo olímpico. De graça. Uma das garotas, com cinco canetinhas da mão, desenhava os anéis olímpicos. De graça, eu disse para elas em bom português, até ônibus errado! Pode fazer!