Duas cenas típicas nas ruas de Pequim. A primeira são os triciclos elétricos, com “cabine”, que andam de um lado para o outro. Muitos deles servem como transporte alternativo. Ficam estacionados em saídas de metrô e levam passageiros apressados até determinado ponto perto dali. A corrida sai por 1 ou 2 yuans (R$ 0,25 a R$ 0,50).

A segunda cena é dos velhinhos que andam com suas “canetas chinesas”, escrevendo mensagens positivas nas calçadas. Na verdade, ele escreve com água. Depois de um ou dois minutos, a água evapora e a mensagem desaparece.

(Ah, no meio do pessoal que lê a mensagem, veja uma mulher com uma viseira. Muitas mulheres usam essas viseiras que cobrem o rosto inteiro, quando estão andando com suas bicicletas).