Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Brasil na Antártida

24 de abril de 2019

 

  • O navio Prof. W. Besnard foi o primeiro navio brasileiro de pesquisa a alcançar o continente Antártido. O nome da embarcação, que veio da Noruega em 1967, foi uma homenagem ao francês Wladimir Besnard, fundador do Instituto Oceanográfico da USP. E mesmo não sendo originalmente uma embarcação polar, transportou, em 1982, a primeira expedição brasileira à Antártida. As pesquisas possibilitaram ao Brasil ingressar no seleto Conselho Consultivo do Tratado da Antártida.
  • No verão de 1988, com o eixo do motor quebrado, o navio escapou de um naufrágio no perigosíssimo Estreito de Drake, no Pólo Sul.
  • Em 1982, o Brasil instalou a sua base, a Estação Comandante Ferraz, com capacidade para 52 pesquisadores. Existem 80 bases, de 26 países, na Antártida. Só os países que construíram estações de pesquisas no continente até 1992 poderão, no futuro, pleitear direitos territoriais.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por que o céu é azul?

Por que o céu é azul?

A razão pela qual o céu é azul está relacionado em como a luz do sol é espalhada pelas moléculas que nós temos na nossa atmosfera. Na verdade, a luz do sol tem vários comprimentos de onda, tem várias cores, então a emissão do sol é emissão em banda larga com várias...

10 curiosidades sobre a população mundial

10 curiosidades sobre a população mundial

1. Em 2015, a população mundial era estimada em aproximadamente 7,3 bilhões de pessoas. 2. O continente mais populoso é o asiático, com 60% da população do planeta – em 2013, eram 4,3 bilhões de...

O maior do mundo

O maior do mundo

Com 192 andares e 828 metros de altura, o Burj Dubai é o maior prédio do mundo.   Ele é 319 metros mais alto que o segundo colocado, o Taipei 101, de Taiwan, que tem 509 metros de altura.   Em comparação ao edifício...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This