Gosto muito de andar de táxi. Depois de falar um pouco sobre a previsão do tempo, eu começo a fazer perguntas sobre o trabalho deles. Um desses taxistas virou até personagem do guia “1075 Endereços Curiosos de São Paulo”. Quando voltava para casa, no começo da tarde, o taxista Francisco Cava Gomes, o “Paquito”, produzia castanholas e bengalas, tudo à mão. Colocava as peças no porta-malas do carro e oferecia aos passageiros.

Outro taxista que ficou famoso foi o Mauro Castro, que começou a contar suas aventuras num blog muito lega, o Taxi Tramas. Ele é de Porto Alegre e eu já o entrevistei no “Você é Curioso?” há uns dois anos. Seus divertidos textos se transformaram num livro.

Pois bem: o “Jornal da Tarde” publicou no domingo passado uma reportagem com taxistas bem curiosos:

No táxi de Jairo Rodrigues Barbosa o rap domina – o motorista é MC do grupo Periafricania. Para ele,  parte da inspiração para as músicas vem “das ruas, do trânsito, dessa loucura toda” enfrentada no dia-a-dia.

Edmilson Gomes da Silva é taxista e escritor. Em seu livro autobiográfico “Não Foi Por Falta de Ideia”, editado por conta própria, Edemilson garante que invenções como a mala de rodinhas e o Poupatempo saíram de sua cabeça.

Já Antônio Queiroz é tão apaixonado por música caipira que tem um programa de rádio online inteirinho dedicado ao estilo. Dono de mais de 40 mil títulos de música caipira, o taxista apresenta o programa “Raiz Caipira” de segunda a sexta.

Você conhece algum outro motorista de táxi curioso? Mande o nome e o contato pra gente! Se não conhece nenhum, não deixe de puxar papo na sua próxima corrida. Comece falando do tempo…